Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Niterói ganha rota gastronômica

May 10, 2017

 

Niterói deu mais um passo para se consolidar como um dos maiores indutores de turismo do Estado do Rio de Janeiro se consagrando também como um dos principais polos gourmets. Na noite de segunda-feira (8/5) foi lançada a Rota Gastronômica da Região Oceânica. São 23 estabelecimentos que oferecem, em 10 quilômetros de roteiro, um cardápio com variedades para todos bolsos, gostos e paladares.

 

Os empresários deram o pontapé inicial para um trabalho mais aperfeiçoado e de qualidade no que se refere à rica gastronomia encontrada nos restaurantes dessa região, garantindo assim um serviço de primeira linha. O projeto de criação da Rota da Região Oceânica foi organizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro (Sebrae/RJ), incentivado pela Prefeitura de Niterói por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Indústria Naval, apoiado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Niterói, pela Associação Comercial de Niterói e pelos donos dos restaurantes.

 

A rota da Região Oceânica difere um pouco dos outros polos já existentes na cidade, na orla de São Francisco e no Jardim Icaraí, pois é formado por restaurantes localizados em quatro bairros: Cafubá, Engenho do Mato, Piratininga e Itaipu. A consolidação da rota permite, segundo o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, um planejamento ampliado por parte do poder público para apoio aos empresários, com logísticas que incluem ordenamento de ruas, presença de guardas municipais e os projetos que estão sendo desenvolvidos para o crescimento da região.

 

Durante o lançamento da rota, Rodrigo Neves lembrou que a Região Oceânica durante muitos anos deixou de receber atenção e, historicamente, ficava isolada.

 

“A região tem belezas naturais, praias, lagoas e matas preservadas. Nos últimos quatro anos, investimos mais do que foi investido em 40 anos nestes bairros. Faremos mais ainda. Para incentivar os empresários, criamos a Casa do Empreendedor, fizemos reformas fiscais na área naval, de saúde e Lei dos Hotéis. Com isso, dobramos o número de hotéis e trouxemos redes internacionais para a cidade. Niterói é alto astral e vamos continuar apoiando e criando incentivos. Temos ajudado e apoiado com iniciativas concretas para o empreendedorismo na cidade e com o setor de gastronomia não será diferente. Criamos a lei de incentivo aos 52 cervejeiros, o que também significa mais postos de trabalho. Todos esses incentivos geram emprego e renda para cidade. Além disso, hoje, o niteroiense não precisa mais procurar opções gastronômicas e de entretenimento no Rio”, disse o prefeito.

 

Rodrigo Neves destacou que a Rota chega também num momento em que a Prefeitura iniciará o Plano Região Oceânica Sustentável, com investimentos de mais de R$ 300 milhões em obras de requalificação de vias da Região Oceânica. São obras de macrodrenagem, expansão e implantação de sistema cicloviário, construção de um Centro de Referência em Sustentabilidade Urbana, recuperação de rios, projetos de ecoturismo e gestão das praias e um plano de gestão ambiental específico.

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Indústria Naval, Luiz Paulino Moreira Leite, destaca que a rota é uma grande aposta para movimentar a economia da região.

 

“Com a criatividade dos empresários e apoio do poder público vai se movimentar a economia entre todas as regiões da cidade. Com o túnel, não existe divisores e sim uma integração entre as regiões, o que fará com que todos ganhem e possam gerar mais emprego e renda para a cidade, além de fomentar o turismo”, explicou o secretário.

A presidente da Rota Gastronômica, Patrícia Crespo, explicou que a junção de todas as entidades e Prefeitura deu um novo impulso aos empresários.

 

“Temos as condições climáticas e belezas naturais de dar inveja. Vamos investir numa gastronomia de excelência com atrações e totalmente eclética para todos os gostos. O incentivo das entidades e da prefeitura foi fundamental”, explicou patrícia.

 

Marines Bretas, representante do Sebrae, explicou que a organização de empresários e de todas as entidades envolvidas e poder público fará com que a economia e o turismo não só da região, mas da Cidade possa ainda mais economicamente. O lançamento contou com o presidente do Clube de Diretores Lojistas (CDL) de Niterói, Fabiano Gonçalves; do Sindlojas, Charbel Tauil, entre outros empresários e autoridades municipais.

 

Fonte: Prefeitura de Niterói

Please reload

Leia também:
Please reload