Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Ciberataque atinge 99 países

May 13, 2017

Um ataque cibernético de grande proporções atingiu nesta sexta-feira, 12, pelo menos 74 países, incluindo o Brasil. O ataque de "ransomware" - uma espécie de vírus que bloqueia o computador da vítima e pede um resgate - atingiu empresas e hospitais na Europa.

 

"O ataque, um malware do tipo ramsonware, utiliza as vulnerabilidades da automação dos computadores. Uma vez instalado no computador, bloqueia o acesso aos seus arquivos e pede um resgate. Não está comprometida a segurança dos dados e nem se trata de um vazamento de informações", disse o Ministério da Indústria da Espanha em um comunicado.

 

Segundo Costin Raiu, diretor da empresa de segurança digital Kaspersky, foram registrados 45 mil ataques. Hospitais da Grã-Bretanha foram atingidos. O Serviço Nacional de Saúde da Grã-Bretanha também afirmou que trata-se de ransomware. Ainda segundo as autoridades britânicas, 16 unidades de saúde pública foram atingidas. Alguns pacientes de emergência tiveram que ser transferidos e consultas foram canceladas.

 

No Brasil, os ciberataques fizeram com que sites do Ministério Público e do Tribunal de Justiça saíssem do ar nesta sexta. Após ciberataque à Telefônica na Espanha, a Vivo no Brasil orientou funcionários a não acessarem a rede corporativa da empresa no Brasil - a medida foi direcionada para os escritórios da empresa, sem afetar os usuários dos serviços da Vivo.

Please reload

Leia também:
Please reload