Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Niterói vai à greve dividida

June 30, 2017

 

A ousadia promete ser novamente a marca registrada da greve geral em Niterói nesta sexta-feira. A anunciada unificação do movimento sindical foi mais uma vez rompida e dificilmente o movimento paredista terá resultados superiores aos obtidos há cerca de dois meses, na última greve geral convocada pelos trabalhadores. No entanto, os sindicatos que aderiram ao movimento estão dispostos a dificultar a chegada dos trabalhadores ao trabalho.

 

Mais uma vez, o Sindicato dos Rodoviários "furou" a greve geral. Ainda assim, os grevista planejam impedir a circulação de veículos nas principais vias da região. O principal piquete rodoviário deve acontecer, já nas primeiras horas do dia, na Avenida do Contorno. O movimento promete também repetir a obstrução do acesso às barcas, na Praça Arariboia, a exemplo da última greve, quando as barcas só puderam operar após a ação do Batalhão de Choque da Polícia Militar, desarticulando o piquete, já no final da manhã.

 

Apesar do refugo dos rodoviários, sindicatos importantes de Niterói, como os metalúrgicos e os bancários, estão fechados com a greve. 

Please reload

Leia também:
Please reload