Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Debate do Plano Diretor lota CMN

Três meses de debate, 12 audiências públicas promovidas pelo Poder Legislativo, 1.107 assinaturas de presença, 249 falas da população e entidades de classe, 38 horas de debates sobre o Plano Diretor Urbano (PDU) de Niterói. Esse foi o balanço apresentado durante a última audiência, realizada na Câmara, na noite de segunda-feira (02). Os vereadores Bruno Lessa (PSDB) e Atratino Cortes (PMDB), respectivamente, presidentes das comissões de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade; e de Urbanismo, Obras, Serviços Públicos, Transportes e Trânsito, fizeram um balanço do trabalho até aqui.


“Foi um trabalho árduo, mas gratificante. A Câmara está dando sua contribuição para o debate de forma nunca antes feita. Reunimos as propostas e vamos aproveitar no texto final do Plano em forma de emendas. Dividimos em dois grupos: um, que já foi discutido e avaliado com o Executivo; e outro, que ainda vamos sentar e discutir”, revelou o vereador Bruno Lessa.


Entre todas as 12 audiências a de Itaipu, que focou também os bairros de Itacoatiara, Engenho do Mato, Santo Antônio, Maravista e Serra Grande, foi a de maior participação popular, com 45 falas entre os presentes.
“O trabalho continua, só que em outro plano. Os debates agora serão aqui no plenário da Casa, outras propostas ainda virão dos vereadores, vamos continuar o diálogo com o Executivo, a população e todos os segmentos da sociedade e, no consenso, encaminhar as emendas para o Plano Diretor”, disse Atratino Cortes.


Com cerca de 400 pessoas lotando o plenário, as galerias, o balcão superior e demais acessos, a população compareceu e esquentou o debate durante a última audiência. A questão da preservação do entorno da Lagoa de Itaipu e a manutenção do Morro do Gragoatá como área de preservação ambiental dominaram as discussões.


Também estiveram presentes o secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, Renato Barandier; o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Beto da Pipa; o subsecretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade, Gabriel Mello Cunha; e os vereadores Anderson Pipico (PT), Bira Marques (PT), Carlos Jordy (PSC), João Gustavo (PHS), Leandro Portugal (PV), Paulo Eduardo Gomes (PSOL), Paulo Velasco (PTdoB), Ricardo Evangelista (PRB) e Talíria Petrone (PSOL); entre outros. 

Please reload

Leia também:
Please reload