Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Victor de Wolf deve assumir a Cultura

July 23, 2019

 

O prefeito Rodrigo Neves deverá anunciar nas próxima horas Victor de Wolf como novo secretário de Cultura de Niterói. Ele ocupa atualmente o cargo de superintendente cultural da Fundação de Arte de Niterói (FAN) e sua indicação para o cargo exercido hoje por Marcos Gomes já é dada como certa nos bastidores da pasta. A posse já estaria, inclusive, marcada para a próxima segunda-feira, dia 29.

Ligado politicamente ao vereador Leonardo Giordano (PCdoB), Victor de Wolf integra a equipe da cultura desde a primeira gestão de Rodrigo Neves na prefeitura. Na atual administração, ele ficou responsável por administrar a implementação da Lei de Cultura, considerada um dos principais avanços na área, através do apoio ao setor cultural com renúncia fiscal do ISS e do IPTU.

Rumores de mudanças na área cultural circulam nos bastidores da política de Niterói desde o final do ano passado. O próprio Leonardo Giordano era cogitado para ocupar o cargo de secretário, mas a prisão de Rodrigo Neves, por três meses, no âmbito da Operação Alameda, acarretou mudanças no panorama político da cidade. A saída de Giordano abriria uma cadeira na Câmara para o seu suplente, Daniel Marques, eleito pelo PV - partido que deixou no início do ano - e que teria uma posição favorável a um pedido de impeachment de Rodrigo.

Please reload

Leia também:
Please reload