Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da Redação

De escola a novo centro cultural


Apesar do incêndio que atingiu ontem (08) o antigo Colégio Brasil, localizado no bairro do Fonseca, o vereador Leonardo Giordano (PCdoB) diz que seguirá na luta pela construção de um centro cultural público no local, o primeiro da Zona Norte de Niterói. Desde 2013, o vereador tenta declarar o prédio histórico Patrimônio Cultural da cidade, além de dar um destino cultural para a área. Como presidente da Comissão de Cultura, Comunicação e Patrimônio Histórico da Câmara Municipal, fez diversas visitas técnicas ao local e conseguiu, com a família Brasil, que haja a doação do imóvel no caso dele passar por reforma e ter uso cultural.

"É uma luta justa, que desenvolvemos há muitos anos, pela preservação do prédio histórico e construção, no local, do primeiro centro cultural público da Zona Norte. Ao invés de desanimar por causa do incêndio, nós vamos insistir", garante.

Leonardo está fazendo três pedidos formais pela Comissão de Cultura solicitando a imediata investigação, pela autoridade policial, das causas do incêndio. Fará também um pedido de visita ao local acompanhando a defesa civil, além de solicitar que o poder público municipal desenvolva projeto formal para requerer financiamento federal que garanta a reforma e o uso cultural do edifício.

#ColégioBrasil #IncêndiodoColégioBrasi

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso