Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Aécio pode voltar ao Conselho


Oito senadores do Conselho de Ética do Senado devem apresentar nesta terça-feira (26) pedido para desarquivar o processo por quebra de decoro parlamentar contra Aécio Neves, do PSDB.

A representação contra Aécio foi arquivada pelo presidente do Conselho de Érica, João Alberto Souza, do PMDB. O parlamentar alegou “falta de provas” contra o tucano.

Entre os que querem desarquivar a representação está o vice-presidente do colegiado, o senador Pedro Chaves, do PSD. Para o parlamentar, o Senado tem que investigar o caso.

O processo contra Aécio foi apresentado pelos partidos Rede e PSOL depois da Operação da Lava Jato que prendeu a irmã e o primo do senador. Aécio foi denunciado no Supremo Tribunal Federal por receber suposta propina de R$ 2 milhões da empresa JBS e tentar obstruir a Lava Jato.

A defesa do senador nega as acusações e diz que se tratou de empréstimo sem contrapartidas. O ministro do STF, Edson Fachin, afastou Aécio do cargo e a Corte deve analisar o pedido de prisão do senador em agosto, após o recesso do Judiciário.

Para desarquivar o processo no Conselho de Ética, a maioria do colegiado, que atualmente está com 14 membros titulares, tem que votar a favor. Dos oito senadores que pedem o desarquivamento do processo contra Aécio Neves, cinco são titulares.

#AécioNeves #OperaçãoLavaJato #AécionoConselhodeÉtica

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso