Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Ascom/CMN

Mediação de conflitos na CMN


A Coordenadoria de Defesa do Consumidor de Niterói (Codecon) da Câmara de Vereadores deu início a um curso pioneiro de mediação de conflitos. Ministrado pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio, o Curso de Mediação Judicial atende a 24 funcionários da Codecon, entre técnicos e estagiários.

Ao todo serão cinco aulas em horário integral, de 9 às 17 horas, ministradas no Auditório Cláudio Moacyr da Câmara. As próximas aulas serão nos dias 11 e 18 de outubro.

- Numa iniciativa pioneira da nossa Codecon, através do coordenador Amauri Freire, conseguimos esse curso sem ônus para a Câmara e ministrado aqui nas nossas dependências. Somos o único município a ter esse curso fora do Tribunal de Justiça. Vamos atender melhor e de forma mais capacitada a população em suas demandas de serviços e compras – disse o presidente Paulo Bagueira.

A aula inaugural foi proferida pelas mediadoras do TJ, Glória Mosquéra, Vanja Borjes e Sônia Rooke. A coordenadora do Nupemec, Cláudia Ferreira, do Gabinete do desembargador César Cury, também esteve presente à aula inaugural. Após o curso a Câmara e o TJ vão dar início a implantação do 1º Núcleo de Mediação em Relação de Consumo fora do Tribunal.

- Com a conclusão das aulas e término do curso, vamos formar mediadores judiciais. Estamos aprimorando nossas técnicas de mediação e conciliação, nossas estratégias de abordagem e trato psicológico com as partes envolvidas. Estamos capacitando gratuitamente nossos funcionários. Nossos acordos, agora, terão valor de títulos extrajudiciais. Na prática, nos dá mais poder de ação. Com o fechamento do Procon-Niterói nossa demanda aumentou muito e estaremos mais preparados – explica Amauri Freire, coordenador da Codecon.

TJ incentiva criação de Núcleos de Conciliação

Em 2015 o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) deixou de receber 628 novos processos. Esse número diz respeito aos acordos celebrados pelos 22 Centros de Mediação e Conciliação. Essas unidades tornaram-se a porta principal de entrada para resolução de conflitos que chegam ao Judiciário do estado. O desembargador Cesar Cury, que coordena o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Soluções de Conflitos do TJ, pretende criar mais seis núcleos de mediação ainda esse ano.

Cury explica que a corte acabou de capacitar 120 novos mediadores para atuar nesses centros. A ideia é que eles ajudem a resolver um grande número de demandas, evitando que elas cheguem ao Tribunal. O desembargador revela que as demandas na área da mediação não se limitam aos conflitos não judicializados. O TJ-RJ está com inscrição aberta para credenciar câmaras de mediação privadas para atuar junto a processos em tramitação, principalmente os empresariais e comerciais.

Para o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Kazuo Watanabe, em depoimento ao site do TJ, “os mediadores contribuem para uma sociedade mais justa e não apenas com o Judiciário”. Watanabe destaca, ainda, a atuação do mediador judicial na “formação de uma cultura de pacificação em toda a sociedade”. O desembargador foi o patrono de formatura da turma de 150 novos mediadores judiciais para atuação no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), do TJ.

Cesar Cury destaca que, com a conciliação, todos saem ganhando. “Isso vai melhorar, sobretudo, a qualidade das decisões e trazer a cultura de que a sociedade é responsável pela solução de seus conflitos. A parte não vai mais entregá-la a um juiz porque ela é a responsável por participar da construção da sua própria solução”, diz Cury.

Depois da sanção pelo Governo Federal da Lei 13.140, de 2015 (Lei da Mediação), o número de interessados em buscar essa alternativa vem aumentando a cada ano. Em 2014, antes da lei, o TJ-RJ recebia apenas sete processos por mês buscando a mediação. Neste ano, o número de casos já atingiu a média de 70 processos mensais. De acordo com dados do Nupemec, somente no primeiro semestre deste ano, das 719 mediações realizadas, 603 obtiveram acordo, índice que chega a 85% dos casos. O resultado supera 2016, quando 44% dos cerca de três mil conflitos encaminhados para a mediação alcançaram o acordo. O número dos processos em tramitação no Estado do Rio de Janeiro, que já supera a marca dos 10 milhões.

Minha mãe é uma peça na Câmara

Em comemoração ao mês em homenagem aos idosos, a Câmara Municipal de Niterói exibe nesta terça-feira, às 15 e 17 horas, o filme Minha Mãe é Uma Peça 2, do ator niteroiense Paulo Gustavo. A sessão especial faz parte do Projeto Espaço Cinema que mensalmente exibe de forma gratuita filmes nacionais e estrangeiros em seu auditório. A mãe do autor, Déa Lucia, que inspirou a personagem principal do filme, estará na sessão para um bate papo com os espectadores.

Serviço

Sessão gratuita de cinema

Minha Mãe é Uma Peça 2

Terça-feira – 3 de outubro – 15 e 17 horas

Espaço Cinema – auditório da Câmara Municipal de Niterói.

50 lugares – distribuição de senhas 30 minutos antes de cada sessão

Livre

Foto: Sérgio Gomes

#CodeconNiterói #CâmaraMunicipaldeNiterói

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso