Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da Redação

Missa de um ano do Irmão Amadeu


Nesta quinta-feira, dia 23, às 17h30m, será celebrada na capela da UNILASALLE a missa de um ano pelo falecimento do Irmão Amadeu, um dos ícones da educação de Niterói que esteve à frente por décadas do Instituto Abel, formando várias gerações de niteroienese. Irmão Amadeu faleceu no último Natal, dia 25 de dezembro de 2016, aos 96 anos de idade.. O TODA PALAVRA prestou homenagem ao religioso, ao educador, ao cidadão, ao grande ser humano que ele foi publicando, na sua primeira edição de 2017, um texto de autoria do professor Antonio Puhl, colunista do jornal, que por muitos anos trabalhou ao seu lado na direção do Instituto Abel. Reproduzimos, abaixo, essa homenagem em memória do Irmão Amadeu: "O Irmão Amadeu nasceu no dia 1º de novembro de 1920, em Montenegro (RS), Hoje município de São Vendelino. Já formado, veio para Niterói em julho de 1955 para assumir o Instituto Abel. A sua formação superior deu-se na PUC-RS, em Línguas Anglo-germânicas. Posteriormente, realizou a pós-graduação em Educação na Universidade de Washington, DC. E, em Niterói ele foi professor, coordenador e diretor do Instituto Abel. Nas palavras do Ir. Jardelino, atual Reitor da UNILASALLE, " o Irmão Amadeu ocupou praticamente todas as funções que um irmão lassalista pode exercer. Foi professor, coordenador, Diretor de Educação Básica e de Educação Superior, Provincial e Presidente da Associação Brasileira de Educadores Lassalistas. Em todas as funções, Ir. Amadeu mostrou sua competência e dedicação, deixando marcas indeléveis por onde passou. Não podemos deixar de mencionar a importância do Ir. Amadeu para o Colégio La Salle Abel, o UNILASALLE-EJ e para a Escola La Salle RJ. Em todos os anos de sua atuação em Niterói, ele foi fundamental para o dinamismo destas obras educativas...". concluíu o Ir. Jardelino. Ele foi diretor do Instituto Abel em três períodos. diferentes. Além disto, o Ir. Amadeu exerceu uma série de responsabilidades além do Instituo Abel. Merecem destaque, entre muitas, as seguintes: Foi membro do Conselho Estadual de Educação e, nele, Presidente da Câmara de 1º e 2º graus. Foi membro do Conselho Universitário da UFF, eleito como representante da comunidade. Foi Presidente do Comitê Companheiros das Américas, entidade de intercâmbio entre o Estado do Rio de Janeiro e seu Estado-irmão, Maryland, USA. e cuja presidência é ocupada hoje pelo nosso Ex-vice-Prefeito Axel Grael. Ir. Amadeu foi, ainda, fundador e primeiro Presidente da Associação de Educação Católica do Estado do Rio de Janeiro. E, o Superior da Província Lassalista, Ir. Edgar Nicodem, informa que "além de atuar nas obras lassalistas, o Ir. Amadeu também teve uma atuação destacada na Vida Religiosa Consagrada. Atuou na Conferência dos Religiosos do Brasil e na Confederação Latino-americana e Caribenha de Religiosos.". Na direção do Abel, o dinamismo realizador do Ir. Amadeu o levou a concluir as obras do prédio da Roberto Silveira, a construir o Centro Cultural La Salle, na Rua Paulo Cesar, para atividades esportivas e culturais Na cidade de Araruama construíu a Casa Abel, para encontros, retiros, seminários de estudo e outras atividades recreativas ou culturais.. Posteriormente construiu o CELAE, espaço destinado ao Ensino Médio e, já em 2000, iniciou o Prédio da UNILASALLE, hoje Centro Universitário La Salle, levando a obra lassalista ao Ensino Superior. Criou ainda a Escola La Salle, como centro de promoção humana e escola de aplicação de cursos da UNILASALLE.. Com essas e outras obras levadas à frente pelo Ir. Amadeu, o Abel que iniciou suas atividades em 1955 se transformou em um enorme complexo educacional atendendo a milhares de crianças e jovens, quer na educação infantil ou no Ensino Fundamental e Médio, quer no Ensino Superior e na Pós-Graduação ou Extensão. E, desta maneira, já frequentaram as salas do Abel, mais de 44 000 alunos, hoje espalhados pelo mundo inteiro. O Irmão Amadeu foi agraciado pelas autoridades governamentais, segundo o texto do Ir. Jardelino, com vários títulos, dos quais destacamos o de Cidadão de Niterói, Cidadão Fluminense, Cidadão Araruamense, Mestre do Ano. Recebeu diversas Medalhas de Honra, como a Medalha do Mérito Educacional, a Medalha José Clemente Pereira. Recebeu homenagens especiais quando o Instituto Abel completou 50 anos e, depois, 60 anos de existência..." O Ir. Amadeu sempre foi um excelente administrador, uma pessoa de visão profunda e antecipadora da realidade, um líder de pessoas e grupos, um inovador corajoso, um gestor atento e exigente. De outro lado, dedicou-se a escrever inúmeros textos de educação e diversos livros, destacando os de dinâmica de grupos, de liderança de reuniões e de orientação para pais e educadores. Homenagear o Ir. Amadeu é homenagear alguém que dedicou a sua vida inteira à educação de qualidade e que conseguiu viver uma espiritualidade intensa em sendo educador, em servir ao próximo com amor. Disto somos testemunhas. Disto são testemunhas os professores que viveram mais próximos a ele. Aliás, ele nunca perdia oportunidade de estar junto de seus professores para dizer da importância de sua ação junto às crianças e jovens. Ele praticou o que o fundador de sua Congregação dizia: "Amai ternamente todas as crianças, tendo com elas a ternura de mãe e a firmeza de pai..." Ir. Amadeu foi um autêntico discípulo de La Salle e do nosso grande e único Mestre, Jesus. Não quero terminar este pequeno texto sem trazer partes de depoimentos de dois educadores de grande sensibilidade e dedicação que, na ocasião do falecimento do Irmão Amadeu, expressaram, de forma mais longa ou mais sintética, o que significava, para eles, a pessoa do Irmão Amadeu. Trazendo o depoimento deles, afirmo a minha mais alta estima e amizade aos mesmos. Assim, o Professor Paulo Roberto Poppe se expressou: "Que vazio para a educação brasileira! Idealista sem perder a racionalidade; firme sem perder o afeto. Este foi o Ir. Amadeu... É quase impossível dimensionar a sua importância para Niterói e para todos os espaços. Certamente ele supera tudo o que dele podemos falar. Como educador e como homem de fé ele também superará todos os limites do tempo". E, a Professora Marileide Menezes, educadora de profunda percepção, escreveu seu depoimento em várias páginas, a ser publicado em outros veículos. Mas, transcrevo pequenos trechos que demonstram o que foi e continua sendo a figura do Ir. Amadeu para ela e para nós. Ela diz, entre muitos dizeres ótimos: "Ele instaurou em cada um de nós o compromisso com La Salle e com a Educação; deu-nos a certeza de que dar forma e sentido às coisas que fazemos é a razão para tudo. Com efeito, somos mais lassalistas do que se pode imaginar, somos mais porque ele nos fez maiores, fez-nos educadores comprometidos com o desenvolvimento integral de nossas crianças, fez-nos fermento para superar qualquer problema e jamais permitiu o desânimo. Aliás, ENTUSIASMO era sua marca, FÉ seu impulso, SERVIÇO se exemplo. .." E, é ainda a Professora Marileide que afirma: " Sua história entrecruzada, para sempre em nossas histórias, na história de La Salle; sua história nas histórias dos que aqui passaram, sua história tatuada em cada um de nós... Sim, sua história nas salas de aula, no chão que brilha, nas páginas escritas, na coxia, nos corredores, na capela ... Sua história para fora dos muros da escola, nas becas, bisturis, leis, publicidades, edificações ... Sua história nas mãos que ajudam a salvar, nas mãos que se unem para rezar, nas mãos que se estendem no Serviço, Fraternidade e Fé..." E, o belíssimo depoimento de Marileide conclui com a seguinte afirmativa: " E nós aprendemos que educar de verdade é ter esse jeito Fritzeano de ser Lassalista: corajoso, inovador e cristão. Ele deixou em nós para sempre a certeza de que um mundo melhor é possível..." Irmão Amadeu é um educador que fez história. Um dia seremos capazes de tentar resgatar o seu significado para a obra lassalista em Niterói. A ele a nossa gratidão e a nossa mais alta homenagem." Antonio Puhl

#IrmãoAmadeu #InstitutoAbel #AntonioPuhl #Educação

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso