Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

ABI consegue adiar julgamento de Carol no STJD


A jogadora de vôlei de praia Carol Solberg: "Fora Bolsonaro" (Reprodução)

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) adiou o julgamento de Carol Solberg, que seria realizado nesta terça-feira (6), após a ABI (Associação Brasileira de Imprensa) e o Movimento Naconal de Direitos Humanos entrarem com pedidos de intervenção em favor da jogadora de vôlei de praia, que será julgada por ter gritado "Fora, Bolsonaro" durante transmissão ao vivo, após conquistar a medalha de bronze na primeira etapa do Circuito Brasileiro. Será marcada uma nova data após os pedidos serem analisados pela procuradoria do tribunal.

"Mostra a preocupação da sociedade civil com essa matéria liberdade de expressão e tudo que está relacionado a isso em relação aos atletas", afirmou o advogado da atleta Felipe Santa Cruz, presidente da OAB.

"A minha preocupação neste caso é evitar a violência contra uma jovem atleta. Em um ano tão difícil, é algo muito danoso ter que pagar multa e perder o direito de exercer a sua atividade”, diz Santa Cruz à Folha. “A Carol expressou a sua opinião, não atacou e feriu ninguém, nem a CBV [Confederação Brasileira de Voleibol] e muito menos a imagem dos seus patrocinadores", concluiu.

O jornalista Juca Kfouri lembra que os tempos mudaram, e exemplo disso é a NBA, e afirma que Carol não cometeu nenhum crime.

“Carol Solberg não matou, não estuprou, não roubou, não cometeu nenhum ato racista ou homofóbico. Carol Solberg também não queimou mata alguma, não derrubou nenhuma árvore, não poluiu o mar, nem nenhum rio. Carol Solberg nem sequer ultrapassou pelo acostamento, desrespeitou o sinal vermelho, atravessou fora da faixa ou jogou papel no chão. A atleta Carol Solberg não xingou o juiz ou jogou a bola na torcida. A cidadã Carol Solberg apenas disse em alto e bom som “ Fora Bolsonaro!”, escreveu em seu blog. “Os tempos mudaram e aí está a NBA para demonstrar a caducidade da separação artificial entre esporte e política", lembrou.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle