Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Abin alertou Bolsonaro sobre o isolamento necessário


Informações sobre a "aceleração da pandemia" e a alta taxa de subnotificação dos casos de coronavírus são do conhecimento do presidente Jair Bolsonaro desde o dia 13 de maio. Alertado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) através de relatórios ao Palácio do Planalto sobre a necessidade de isolamento contra a Covid-19, Bolsonaro segue criticando o confinamento e violando recomendações de autoridades de saúde.

A Abin informou no dia 13 de maio que o País está na fase de "aceleração da epidemia" e que, além disso "o Brasil ainda tem testagem com baixa representatividade (cerca de 3 mil por 1 milhão) e distribuída de modo não uniforme, o que impossibilita avaliar de forma precisa a incidência e sua evolução em cada cidade", argumentou. Atualmente, o País ocupa a segunda posição no ranking global de casos da Covid-19 (501,9 mil), atrás apenas dos Estados Unidos (1,8 milhão), e a quarta colocação em quantidade de mortes (28,8 mil) provocadas pela doença.

"A participação do Brasil torna-se mais significativa se for considerado que o País tem 10 a 15 vezes menos testes diagnósticos realizados por milhão de habitantes que os demais (países) e, portanto, é provável que os números brasileiros estejam subestimados e sejam de maior proporção do que os apresentados", diz um dos relatórios. O teor dos documento foi publicado, neste domingo (31), no jornal O Estado de S.Paulo.

Ao citar o exemplo de Minas Gerais, a Abin afirmou que "circunstâncias locais" têm grande impacto sobre a subnotificação de casos. Estudo feito pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) apontou a alta subnotificação da doença no estado, que, registrou cerca de 200 mortos pelo coronavírus de janeiro a abril de 2020. No mesmo período, houve 539 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), aumento de 648%. Para os pesquisadores, é forte a hipótese de que mortes por coronavírus não tenham sido identificadas por falta de testes.

Desde o começo do avanço da doença, o ministério da Saúde estima que 900 mil exames do tipo RT-PCR para o coronavírus foram realizados no País. De acordo com a Abin, o período de maior necessidade de exames deve ocorrer em junho, por ser o momento de maior circulação de vírus respiratórios. Neste mês, a agência acredita que 70 mil testes diários serão feitos.

Enquanto os relatórios da Abin alertaram para o maior número de casos de coronavírus no Brasil, Jair Bolsonaro pedia publicamente a reabertura de algumas atividades econômicas e estimulou apoiadores a irem para a rua - em protestos pelo fechamento do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que países adotem medidas de isolamento social para diminuir a propagação do coronavírus. Bolsonaro, no entanto, já compareceu a manifestações de rua e sem máscara. Neste sábado (30), por exemplo, ele causou aglomeração em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal. Depois de pousar de helicóptero, foi até uma lanchonete na BR-060, onde foi fotografado com uma máscara pendurada no ombro enquanto comia um salgado.

Em março, ele classificou a doença como uma "gripezinha", e no mês de abril perguntou "e daí?", quando o País atingiu a marca dos 5 mil mortos pela Covid-19.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle