Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Alerj mantém o processo de impeachment de Witzel


Witzel perdeu por completo a confiança dos deputados estaduais / Tomaz Silva (Agência Brasil)

A Comissão Especial de Impeachment da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) votou pelo prosseguimento do processo de impeachment do governador Wilson Witzel (PSC).


O relator, o deputado Rodrigo Bacelar (SDD), leu o documento na presença dos deputados que formam a comissão e os deputados discursaram sobre o relatório e ao final deram os seus votos. Os votos necessários para dar prosseguimento foram obtidos antes do final da votação.


Wilson Witzel, foi afastado do cargo por decisão monocrática do ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Benedito Gonçalves, em 28 de agosto.

A decisão foi motivada por denúncia no âmbito da operação Tris In Idem, que investiga esquema de recebimento de propina para a contratação emergencial de serviços nas áreas de saúde e educação. Segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), o governador teria recebido cerca de R$ 554,2 mil em propina, por intermédio do escritório de advocacia de sua mulher, Helena Witzel.


Com a aprovação do relatório, a partir de segunda-feira (21) começa a contar prazo de 48 horas para o parecer ser incluído na pauta do plenário da Alerj. Se o resultado for pelo impeachment de Witzel, o Tribunal de Justiça deverá ser comunicado para iniciar a formação do Tribunal Misto de cinco deputados e cinco desembargadores. A partir dessa data, o governador será afastado por até 180 dias para análise final do processo.


Membro da Comissão Especial de Impeachment, o deputado Waldeck Carneiro (PT), mesmo votando pelo prosseguimento do processo, lamentou que o Estado do Rio enfrente mais um escândalo de corrupção envolvendo o chefe do governo.


"Triste sina do Rio de Janeiro: desde 1999, todos os governadores efetivos foram presos, condenados ou afastados, com a honrosa exceção de Benedita da Silva. O Rio de Janeiro merece destino melhor!", afirmou o deputado.


Com Sputnik Brasil

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle