Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Alerta da OMS: política alimenta o coronavírus


A Organização Mundial da Saúde (OMS) enviou um alerta nesta segunda-feira (22) sobre os perigos do novo coronavírus, mesmo com países como a França flexibilizando as restrições, e outros já temendo uma segunda onda para muito breve.

Apesar de vários países europeus reduzirem ainda mais suas restrições de distanciamento social, os casos em todo o mundo estão aumentando, especialmente na América Latina, com o Brasil registrando agora mais de 50 mil mortes.

Também há temores de uma segunda onda com os australianos sendo advertidos contra viajar para Melbourne, a segunda maior cidade do país.

"A pandemia ainda está se acelerando", afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ao fórum virtual de saúde organizado a partir de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

"Sabemos que a pandemia é muito mais que uma crise de saúde, é uma crise econômica, uma crise social e, em muitos países, uma crise política. Seus efeitos serão sentidos nas próximas décadas", acrescentou.

Ghebreyesus explicou que a maior ameaça que o mundo enfrenta não é o próprio vírus, que já matou mais de 465 mil pessoas e infectou quase 9 milhões em todo o mundo, mas "a falta de solidariedade global e liderança global".

"Não podemos derrotar essa pandemia com um mundo dividido", destacou. "A politização da pandemia a exacerbou".

O Brasil se enquadra nesta categoria, com o presidente Jair Bolsonaro comparando o vírus a uma "gripezinha" e argumentando que o impacto econômico do distanciamento social costuma ser pior do que o próprio vírus.

O Brasil é o segundo país mais afetado, atrás dos Estados Unidos, outro país onde lutas políticas impediram uma política unificada para lidar com o vírus em seus 50 estados.

A disseminação da Covid-19 está acelerando na América Latina, com o México, o Peru e o Chile também sendo atingidos com força, com o número de mortos aumentando e as unidades de saúde sendo levadas ao colapso.


Fonte: Agência Sputnik

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle