Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Argentina prorroga quarentena até 20 de setembro


Ruas vazias em Buenos Aires por causa da pandemia (Ana Delicado Palacios/Sputnik)

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou que o isolamento social, vigente e obrigatório, que regia o país até 30 de agosto, será prolongado até 20 de setembro.

Em um dia em que a Argentina alcançou seu quarto recorde consecutivo de casos diários do novo coronavírus ao detectar 11.717 infecções, Fernández destacou que 18 dos 24 distritos do país apresentam transmissão comunitária do vírus SARS-CoV-2.

"Em comum acordo com os governadores, tomamos a decisão de prorrogar as medidas de cuidado, o isolamento sanitário e o distanciamento físico até o próximo 20 de setembro", anunciou o mandatário em uma mensagem gravada e difundida nas redes sociais.

"O problema está em todo o país", observou o chefe de Estado.

Há um mês e meio, 93% dos novos casos se concentravam na cidade de Buenos Aires e nos 40 municípios adjacentes da província homônima, na área conhecida como Área Metropolitana de Buenos Aires (AMBA).

"Agora, nas províncias esta porcentagem se multiplicou por cinco e hoje representa 37% do total dos casos", advertiu o governante.

Reuniões ao ar livre

As regiões mais afetadas são Jujuy (norte), com um sistema sanitário no limite de sua capacidade, e Mendoza (centro oeste), além de Córdoba (centro) e Santa Fé (centro leste).

"A quantidade de falecidos por milhão de habitantes continua sendo comparativamente melhor que a de outros países porque o sistema de saúde não foi sobrecarregado", destacou Fernández.

Na AMBA, onde as restrições foram mais severas desde o início da quarentena em 20 de março, "parece haver alguns dados encorajadores".

Porém, em todo o país serão autorizados encontros de até 10 pessoas ao ar livre, sempre que as pessoas utilizem máscaras e mantenham a distância de dois metros.

Ruas vazias em Buenos Aires, Argentina, durante pandemia de coronavírus

"Não naturalizemos os contágios, que são muitos, e muito menos as mortes", pediu o presidente.

A Argentina, que se encontra em quarentena desde 20 de março, acumula mais de 390 mil casos de Covid-19, mostram os últimos dados da Universidade Johns Hopkins (EUA).


Fonte: Agência Sputnik

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle