Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Bolsonaro faz conta fantástica e acusa a Globo


(Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro, de maneira oportunista, usou as redes sociais novamente para fazer sua campanha persecutória contra a TV Globo. Na noite de sexta-feira (14), o presidente citou uma matéria do portal R7, da Record, para calcular os valores que podem ter sido repassados pelo doleiro Dario Messer à família Marinho, proprietária do grupo Globo.

De acordo com reportagem da revista Veja, o "doleiro dos doleiros" afirmou que um funcionário seu se dirigia duas a três vezes por semana à sede da Globo com pacotes de dinheiro vivo.

A publicação aponta que os valores ficavam entre US$ 50 mil e US$ 300 mil. O presidente Bolsonaro aproveitou para fazer uma conta fantástica e deduzir que os repasses aos Marinho alcançaram a marca de R$ 1,75 bilhão. Bolsonaro fez a conversão da quantia máxima (US$ 300 mil) citada pelo doleiro para a cotação atual do dólar em reais e multiplicou pela frequência apontada na matéria (duas a três vezes por semana).

Como Messer, conforme a polícia, atuou em esquemas de corrupção por 30 anos, Bolsonaro deduziu que houve 1.080 repasses aos Marinho que alcançaram o extremo de R$ 1,75 bilhão. Os valores seriam descontados no exterior por Roberto Irineu e João Roberto Marinho, segundo a revista.

O grupo Globo respondeu, em nota enviada à Veja, afirmando que “Roberto Irineu Marinho e João Roberto Marinho não têm nem nunca tiveram contas não declaradas às autoridades brasileiras no exterior. Da mesma maneira, nunca realizaram operações de câmbio não declaradas às autoridades”.

A publicação do presidente incitou bolsonaristas nas redes sociais, que levantaram a tag #RachadinhaDaGlobo. Parlamentares como as deputadas federal Bia Kicis (PSL-DF) e Carla Zambelli (PSL-SP) fizeram questão de tuitar durante a madrugada deste sábado (15) para alavancar a tag, que chegou ao topo dos assuntos mais comentados da rede.

“Só pra avisar que #RachadinhaDaGlobo já está aparecendo nos TTs. Parem de postar, por favor!”, tuitou a deputada Major Fabiana (PSL-RJ), iniciando uma troca irônica com Carla Zambelli. “Qual, Major? A #RachadinhaDaGlobo?”, tuitou a bolsonarista de São Paulo.

Globo e Bolsonaro

Não é novidade que as Organizações Globo sempre esteve envolvida em escândalos, quando não em golpes, como os de 1964, que culminou com a derrubada do presidente legítimo João Goulart e 21 anos de ditadura civil-militar, e 2016, que resultou o impeachment sem crime de responsabilidade da presidente Dilma Rousseff. Ou mesmo no apoio incondicional, inclusive dos abusos, da Lava Jato, servindo-se dela jornalisticamente para bombardear determinado segmento político. É de conhecimento público também que a Globo esteve envolvida em escândalos de sonegação fiscal até hoje não esclarecidos (entenda esse caso aqui).

Mas também é de domínio público que o presidente tem envidado seus esforços para sufocar economicamente a Globo, inclusive através de uma distribuição de verba publicitária do governo que privilegia as concorrentes, Record e SBT, em detrimento da Globo, ao desprezar o critério democrático de mídia técnica com prevalência dos números da audiência. (Veja no TODA PALAVRA "Com Bolsonaro, Record e SBT faturam mais que Globo")

Por fim, Jair Bolsonaro já disse até que não pretende renovar a concessão da Globo que termina em 2022.


Com informações do IG (colaborou Ápio Gomes)

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle