Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Capacidade mental de Trump avaliada por comissão


Dois representantes democratas questionaram a capacidade de Donald Trump de desempenhar presidência. Trump testou positivo para o novo coronavírus após o primeiro debate com o candidato Joe Biden.

Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes, e o congressista Jamie Raskin, ambos democratas, anunciaram na quinta-feira (8) a introdução de legislação para estabelecer uma comissão encarregada de avaliar a capacidade mental e física do presidente norte-americano de ocupar o cargo.

Segundo Pelosi e Raskin, uma coletiva de imprensa será realizada nesta sexta-feira (9) para anúncio da introdução da Comissão sobre a Capacidade Presidencial de Exonerar os Poderes e Deveres da Lei de Poderes e Deveres de Gabinete.

Um comunicado à imprensa anunciando o evento observou que a comissão e o processo são "exigidos na 25ª emenda à Constituição dos EUA para permitir que o Congresso ajude a garantir uma liderança efetiva e ininterrupta no mais alto cargo no Poder Executivo do governo".

A 25ª Emenda foi ratificada em 1967, após o assassinato do presidente norte-americano John F. Kennedy em 1963, de forma a criar um caminho ordenado de sucessão no caso de o presidente morrer ou se tornar incapaz de desempenhar as funções do cargo, por exemplo, em caso de doença.

A seção 4 da emenda descreve o processo no qual outros políticos podem, juntos, determinar que o presidente está inapto para desempenhar as funções do cargo e proceder à sua destituição, o que é posto em marcha pelo "vice-presidente e pela maioria dos principais oficiais dos departamentos executivos ou de qualquer outro órgão que o Congresso possa prever por lei".

A questão da aptidão de Donald Trump, presidente dos EUA, para ocupar o cargo tem sido examinada mais uma vez após contrair o novo coronavírus na semana passada, o que o levou a passar vários dias em um hospital, receber uma quantidade de medicamentos, e até mesmo oxigênio suplementar por um breve período de tempo.

Trump não passou autoridade executiva para o vice-presidente Mike Pence durante esse tempo, mas os sintomas da doença e os possíveis efeitos colaterais dos medicamentos que ele estava tomando levaram muitos a questionar sua capacidade de fazer seu trabalho.


Fonte: Agência Sputnik

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle