Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Cestas para mais de 8,6 mil famílias em Niterói


Prefeitura iniciou a distribuição das cestas a 8.603 famílias, que receberão o apoio por três meses (Douglas Macedo)

A Prefeitura de Niterói iniciou, nesta a quinta (02), a entrega de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade e risco social que não foram beneficiadas por nenhum dos programas de mitigação das efeitos da pandemia do novo coronavírus no município. A coordenação e operacionalização do benefício emergencial está sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos. Serão 8.603 famílias beneficiadas por três meses, podendo ser prorrogado caso a condição de calamidade pública em razão da pandemia permaneça. O objetivo é garantir a segurança alimentar de todas as famílias vulneráveis da cidade. De acordo com a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Flávia Mariano, foram priorizadas famílias com risco de desnutrição alimentar. “Para inclusão no benefício de cesta básica de alimentos foram priorizadas famílias em situação de risco de desnutrição, informadas pelas equipes do Programa Médico de Família e postos de saúde do município de Niterói e famílias que se encontram em situação de risco social por desemprego e que, momentaneamente, não consigam suprir as necessidades básicas de alimentação”, informou a secretária. Maria Cristina da Silva, moradora da comunidade do Palácio e mãe de uma adolescente de 17 anos, contou como essa cesta vai ajudar em tempos difíceis. “Essa cesta é uma ótima ajuda, pelo menos o grosso e o básico não vão faltar lá em casa. Sou autônoma e estou desempregada. Trabalho com costura em residência, pequenos consertos e faxinas, mas ninguém está pedindo serviço. No começo, fiz máscaras e vendi, mas agora todo mundo já tem. Minha filha é aluna de escola federal e não tivemos direito a nenhum outro benefício”, disse Maria Cristina. A secretária ressalta que famílias cujo algum dos membros já tenha sido beneficiado por outro programa emergenciais da prefeitura não terão direito às cestas. “Famílias que já tenham recebido os cartões de programas como o de Renda Básica Temporária (RBT) Fase 1 (Cadastro Único) e Fase 2 (Educação), Busca Ativa, auxílio financeiro temporário aos Microempreendedores Individuais ou de quaisquer outros não terão direito às cestas básicas. Também não poderão receber famílias que possuam membro que seja servidor público (incluindo o inativo, empregado público, contratado ou pessoa que mantenha qualquer outro vínculo com administração direta ou indireta de qualquer ente federativo) ou pensionista de servidor público com vínculo com qualquer ente federativo”, explicou Flávia. Outra família beneficiada pelo programa é a de Rose Maria Marins, de 49 anos. Ela está desempregada e mora com os três filhos no Engenho do Mato. “Estou desempregada e fui chamada pela associação de moradores e pelo Conselho Tutelar. É uma boa ajuda. Estou na expectativa de voltar a trabalhar com a abertura dos serviços, mas a cesta vai ajudar muito, com três filhos em casa”, disse Rose. A distribuição das cestas acontecerá entre esta quinta-feira (2) e domingo (5) em três pontos da cidade: Clube Canto do Rio, no Gragoatá, Horto do Fonseca e na Escola Municipal Portugal Neves, em Piratininga. Para evitar aglomeração, foi montado um esquema com três horários diferentes e uma lista com o dia que cada pessoa pode buscar sua cesta está disponível no site da prefeitura (www.niteroi.rj.gov.br). Máscaras – Equipes da prefeitura estiveram nos três polos de entregas das cestas básicas para distribuir também as máscaras. Serão mais 500 mil máscaras entregues gratuitamente para os cidadãos. O equipamento de proteção é de tecido reutilizável e lavável. Desde o dia 23 de abril, o uso do equipamento é obrigatório nas áreas públicas como ruas, ônibus, padarias, supermercados, hospitais, filas de bancos entre outras. O objetivo é diminuir a propagação do vírus na cidade.



Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle