Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Comércio EUA-Brasil atinge menor nível em 11 anos


(Alan Santos/PR)

Segundo dados divulgados nesta quarta-feira (14) pelo Monitor do Comércio Brasil - EUA da Amcham Brasil, a balança comercial entre os países registrou queda de 25% em relação a 2019.

A publicação verificou que as importações brasileiras vindas dos EUA também caíram no terceiro trimestre, e apresentaram uma redução de 41,6% em relação ao mesmo período no ano passado. Entre janeiro e setembro de 2020, a queda foi de 18,8%.

Os dados sobre exportações também ficaram abaixo da média. No acumulado do ano, as exportações brasileiras para os EUA caíram 31,5%, registrando o total de US$ 15,2 bilhões. Este é o menor valor para o indicador desde 2010.

​A contração nas exportações, segundo a Amcham Brasil, resultou também na menor corrente bilateral entre Brasil e EUA nos últimos 11 anos. O valor da balança entre os países, até setembro de 2020, foi de US$ 33,4 bilhões. Em relação a 2019, isso representa uma contração de 25,1%.

Neste sentido, vale lembrar que, no início de outubro, o presidente Donald Trump anunciou novas taxações sobre o alumínio do Brasil, e acusou o governo brasileiro de prática de dumping.

A análise da consultoria destaca que o saldo negativo na balança comercial entre Brasil e EUA ficou em US$ 3,1 bilhões desfavorável ao governo brasileiro. A tendência é que seja registrado o maior déficit no comércio com os EUA nos últimos cinco ou seis anos.

Brasil, EUA e China

Os Estados Unidos são o segundo maior parceiro comercial brasileiro, com fatia de 9,7% das exportações e 12,3% da corrente de comércio brasileiras. Em primeiro lugar está a China, que detém 34,1% das exportações e 28,8% da corrente de comércio.

A China tem sido a principal fonte de contribuição para o superávit da balança comercial do Brasil, com importações de US$ 4,5 bilhões em julho e de US$ 21,9 bilhões no acumulado do ano até julho de 2020, segundo o Boletim de Comércio Exterior (Icomex) do Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle