Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Crivella liga para suspeito e é atendido por delegado


Prefeito do Rio, Marcelo Crivella, e o empresário Rafael Alves, em passeio na cidade de Jerusalém (Reprodução)

O mandado de busca e apreensão nos endereços do prefeito Marcelo Crivella nesta quinta-feira tem origem na primeira fase da Operação Hades, em março. Foi quando o Ministério Público Estadual (MP-RJ) e a Polícia Civil do Rio descobriram o elo entre o esquema de corrupção montado na Riotur e o prefeito do Rio. O personagem principal é o empresário Rafael Alves - conforme revela reportagem de Chico Otávio, do jornal O Globo.

No dia 10 de março, no momento em que os agentes cumpriam mandados de busca e apreensão em vários endereços, Crivella ligou para o celular de Rafael, irmão de Marcelo Alves, então presidente da Riotur, a empresa de turismo do município, apontada pelos investigadores como "QG da Propina" dentro da Prefeitura do Rio. O prefeito queria saber o que estava acontecendo na Riotur. Mas quem atendeu foi um dos delegados da operação, Clemente Nunes Machado Braune, que se identificou e relatou o que ocorria. Crivella desligou imediatamente.

O conteúdo no celular apreendido confirmou para os investigadores a grande proximidade entre o prefeito e Rafael, que tinha até uma sala na Riotur - embora ele não tivesse cargo no órgão - para receber os empresários interessados.

Rafael teria começado a operar nas eleições municipais de outubro de 2016. O objetivo era arrecadar R$ 15 milhões.

De acordo com o inquérito, Rafael dizia para os empresários que, se Crivella vencesse Marcelo Freixo (PSOL) no segundo turno, a presidência da Riotur seria dele. Com isso, os "colaboradores" seriam compensados através de processos de licitação e operações com o Funprevi, o fundo de previdência do município. Crivella foi eleito, e a presidência da Riotur ficou sendo dele, apenas com o irmão no cargo. Marcelo foi afastado da presidência após deflagração da Operação Hades.

Entre as atribuições da Riotur está a de organizar e promover o Carnaval e o Reveillon, festas mais tradicionais da cidade, de apelo internacional.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle