Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da Redação

Degradação ambiental é fator de alto risco para surgimento de novas pandemias

Por Mehane Albuquerque

Fogo e destruição. Foto: José Cruz / ABr

Os esforços de combate ao novo coronavírus de nada valerão se não forem implementadas medidas urgentes de proteção ambiental em escala global. A conclusão é dos professores Peter Daszak, Josef Settele, Sandra Díaz e do brasileiro Eduardo Brondizio, que lideraram o estudo mais abrangente já feito até hoje sobre saúde planetária. Os cientistas afirmam, em artigo publicado na Plataforma Intergovernamental de Políticas Científicas sobre Serviços de Biodiversidade e Ecossistemas (IPBES), que se a degradação do meio ambiente não for contida rapidamente, doenças ainda mais mortais e destrutivas ameaçarão o futuro da humanidade de modo agressivo e frequente. “O desmatamento desenfreado, a expansão descontrolada da agricultura, a agricultura intensiva, a mineração e o desenvolvimento da infraestrutura, bem como a exploração de espécies silvestres, criaram uma ‘tempestade perfeita’ para o alastramento de doenças”, diz o artigo.


De acordo com os pesquisadores, há uma única espécie responsável pela pandemia de Covid-19 e pelas próximas que poderão surgir: a espécie humana. Eles afirmam que esse poderá ser o início de um ciclo de moléstias que terão como causa o modelo econômico baseado no lucro e na destruição da natureza. Ao mesmo tempo, a economia global sofrerá diretamente os impactos das ações que provoca, agravando, cada vez mais, a desigualdade e a crise social. “Assim como nas crises climáticas e de biodiversidade, as recentes pandemias são uma conseqüência direta da atividade humana. Em particular, nossos sistemas financeiros e econômicos globais baseados em um paradigma limitado, que valoriza o crescimento econômico a qualquer custo”, avaliam. No caso do novo coronavírus, os cientistas destacam dois fatores preponderantes: a urbanização e a expansão das viagens aéreas internacionais, o que contribuiu para a propagação da doença pelo mundo. E chamam atenção para o risco de novas pandemias, que causarão mais mortes e maior impacto econômico, caso pessoas, governos e grandes corporações não promovam uma mudança rápida nos hábitos e escolhas. Para os pesquisadores, "é preciso proteger a natureza para que ela possa nos proteger". Segundo apontam, as iniciativas de recuperação econômica depois da Covid-19 precisam contemplar medidas ambientais mais contundentes e mudanças nos processo industriais, com o objetivo de garantir a sustentabilidade do planeta e evitar outras catástrofes sanitárias. No artigo, eles também ressaltam a necessidade de financiar e adequar programas de vigilância e serviços de saúde em países com maiores riscos a pandemias, com o objetivo de evitar novos surtos globais. Os investimentos feitos hoje nos sistemas de saúde mais frágeis deverão ser maiores do que os possíveis prejuízos que pandemias futuras poderão causar, defendem.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle