Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Descobridores do vírus da hepatite C ganham Nobel


Dois cientistas norte-americanos e um britânico venceram o Prêmio Nobel de Medicina de 2020 pela descoberta do vírus da hepatite C, que causa cirrose e câncer de fígado, anunciou a Assembleia do Nobel nesta segunda-feira (5).

As descobertas dos cientistas Harvey Alter, Charles Rice e do britânico Michael Houghton significaram que agora existe uma chance de erradicar o vírus da Hepatite C completamente.

"Antes do trabalho deles, a descoberta dos vírus das hepatites A e B foram passos críticos adiante", informou a Assembleia do Nobel do Instituto Karolinska, da Suécia, em comunicado sobre o prêmio. Os ganhadores dividirão o valor de 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,1 milhão ou R$ 6,3 milhões).

"A descoberta do vírus da Hepatite C revelou a causa dos casos remanescentes de hepatite crônica e tornou possível testes sanguíneos e novos medicamentos que salvaram milhões de vidas."

Harvey J. Alter (norte-americano) encontrou um vírus desconhecido, que era uma causa comum da hepatite crônica. Michael Houghton (britânico) foi responsável pelo isolamento do novo vírus, chamado de hepatite C. Charles M. Rice (norte-americano) foi quem forneceu a evidência que mostrou que o vírus da Hepatite C poderia causar a hepatite.

​A hepatite, ou inflamação do fígado, é causada principalmente por infecções virais, embora o abuso de álcool, toxinas ambientais e doenças autoimunes também sejam causas importantes.

Sem banquete

Embora os prêmios Nobel estejam sendo concedidos normalmente neste ano, eles foram ofuscados pela pandemia do novo coronavírus.

A Fundação Nobel cancelou o tradicional banquete, que é a parte central das comemorações em dezembro, e entregará as medalhas e os diplomas em um evento televisivo, em vez de ao vivo em Estocolmo.

Os vencedores deste ano serão convidados para comemorar juntamente com os que vencerem em 2021, considerando que a pandemia tenha arrefecido até lá.

Amanhã (6) ocorrerá a premiação do Nobel de Física e, na quarta-feira (7), o de Química. Na quinta-feira (8) será atribuído o Nobel de Literatura e na sexta-feira (9) será conhecido o nome do novo Nobel da Paz.

O último anúncio ocorrerá no dia 12 de outubro, indicando o vencedor do Nobel de Economia.

O Nobel de Medicina é o primeiro a ser anunciado a cada ano. Os prêmios foram criados pelo empresário e inventor da dinamite Alfred Nobel.


Fonte: Com informações da Sputnik e Agência Brasil

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle