Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

EDITORIAL: A fornalha onde se forjam os estadistas

Por Luiz Augusto Erthal

Niterói foi citada pelo The Wall Street Journal como exemplo de combate ao coronavírus

O prefeito Rodrigo Neves (PDT) vem assumindo nos últimos dias, em meio às incertezas e perplexidades trazidas pela pandemia do Covid-19, um papel decisivo, que tem feito de Niterói um exemplo internacional de reação coletiva a essa terrível ameaça. Ao unir a cidade em torno de si - contando, para isso, com a resposta solidária e responsável dos líderes da oposição -, ele se lançou de corpo inteiro na fornalha dos grandes dramas civilizacionais, onde se forjam os estadistas.

Tudo que se fizer para enfrentar esse drama humanitário terá sido pouco quando se fechar a contabilidade da tragédia e nos depararmos com o saldo inevitável de vidas perdidas e lágrimas que jamais cessarão enquanto houver testemunhas da catástrofe em curso. Mas Niterói tem arregimentado nesses últimos dias recursos substanciais, que nos ajudarão a enfrentar com mais coragem e esperança esse desafio.

São mais de R$ 200 milhões já suplementados ao orçamento municipal para o combate à pandemia, proporcionando ações como a contratação emergencial de quase 500 profissionais de saúde, a compra de novas ambulâncias UTI, o arrendamento do Hospital Oceânico para entrar em operação em 20 dias, com 140 leitos, que ajudarão a totalizar quase 200 leitos com respiradores, contando com as outras quatro unidades de referência definidas pela prefeitura - os hospitais Carlos Tortelly e Mário Monteiro e os postos de emergência do Caramujo e do Largo da Batalha -, além do Hospital Universitário Antônio Pedro, da UFF.

Com isso, Niterói confia poder atender em sua rede de saúde algo em torno de dez por cento do número total de infectados, estimado entre duas e três mil pessoas nas próximas quatro semanas. Para que esse número não se expanda, contudo, a cidade precisa cumprir o isolamento social determinado pelo prefeito, com o fechamento de quase todo comércio varejista imposto por decreto municipal, que busca reduzir a circulação de pessoas nas ruas a praticamente zero.

A par da adequação da área de saúde, outras medidas de cunho social e econômico visam a mitigar os efeitos colaterais da quarentena. Entre elas, a sensibilidade de aplicar em casa, através das clínicas da famílias - ou nos postos de saúde, em sistema de drive thru, com atendimento nos carros -, a vacina contra a gripe H1N1, cuja campanha de vacinação começa agora para a população idosa. E também o acolhimento da população de rua nos abrigos da prefeitura ou mesmo em hotéis, a serem arrendados em caso de necessidade, conforme prometeu o prefeito.

A suspensão de cobrança de dívidas de IPTU e ISS, além do pagamento mensal de um auxílio de R$ 500,00 aos sete mil Micro Empreendedores Individuais cadastrados no município ajudarão a atenuar alguns estragos econômicos. Na esfera legislativa, destaque-se a iniciativa do vereador Paulo Eduardo (PSOL), presidente da Comissão de Saúde da Câmara, no sentido de impedir o corte de fornecimento de água - vital para o combate ao vírus - por falta de pagamento.

Todos sabem quanto nós, do TODA PALAVRA, zelamos pela independência jornalística. Porém, não podemos, como veículo de imprensa, fugir às responsabilidades que se impõem, nesse momento, a todos os órgãos de comunicação, fundamentais na missão de levar informações corretas e necessárias à população.

Reconhecer a liderança democrática e legítima do prefeito Rodrigo Neves neste momento desafiador e colocar o TODA PALAVRA, por meio do jornal impresso mensal e do portal diário de notícias (www.todapalavra.info), a serviço dos esforços cidadãos no combate à pandemia em Niterói é um compromisso do qual não nos afastaremos enquanto tivermos energia e voz.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle