Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Em filme, Francisco defende união civil entre homossexuais


(Agência Brasil)

Em depoimento num documentário que estreou nesta quarta-feira na Itália, o papa Francisco afirmou que os homossexuais precisam ser protegidos por leis de união civil. É a primeira vez que um papa defende explicitamente direitos legais dos LGBTIs.

"As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso", declarou Francisco no documentário "Francesco".

"O que precisamos criar é uma lei de união civil. Dessa forma eles são legalmente contemplados. Eu defendi isso", afirmou Francisco, de acordo com informações do G1.

No filme, Francisco fala de temas com os quais se importa, como o ambiente, pobreza, migração, desigualdade racial e de renda e pessoas mais afetadas por discriminação.

O filme é do diretor Evgeny Afineevsky, e trata de temas como a pandemia, racismo e abuso sexual, além de assuntos da geopolítica, como a guerra na Síria e na Ucrânia.

No passado, ainda como cardeal Jorge Mario Bergoglio, ele deu sinais que poderiam ser interpretados como uma opinião favorável à união civil. Como em 2010, quando a então presidente da Argentina, Cristina Kirchner, legalizou o casamento gay no país. Bergoglio chegou a declarar na ocasião que estava aberto a aceitar a união civil como uma alternativa ao casamento entre pessoas do mesmo gênero.

Já em 2014, o papa Francisco deu entrevista ao jornal "Corriere della Sera" na qual disse que a Igreja ensina que casamento é entre um homem e uma mulher, mas, segundo o jornal, ele acrescentou que "é preciso considerar casos diferentes e avaliar cada caso em particular".

Na ocasião, o Vaticano buscou esclarecer que Francisco falava de forma genérica e que as pessoas não deveriam interpretar as palavras do papa além do que elas dizem.

O filme foi exibido virtualmente no Festival de Roma nesta quarta-feira. No domingo (25), ele deverá passar nos EUA pela primeira vez durante o Savannah Film Festival, também em exibição virtual.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle