Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Em Noronha com verba pública, Flávio acusa 'erro' da equipe


Fernando de Noronha (Divulgação)

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) viajou para Fernando de Noronha com passagens pagas pelo Senado e, após a repercussão negativa na mídia, citou "erro" de sua equipe.

O uso de dinheiro da chamada cota parlamentar para comprar passagens aéreas só é permitido quando o deslocamento é a trabalho. Mas, a agenda do senador não informa nenhum compromisso nestes dias que coincidem com a presença dele na ilha.

Por meio de nota, o senador explicou que houve um "engano" de sua equipe ao pedir reembolso ao Senado de passagens aéreas para passar o feriado em Fernando de Noronha.

"O Gabinete do Senador Flávio Bolsonaro informa que houve um equívoco da equipe que emitiu as passagens para Fernando de Noronha. As passagens foram pagas pelo próprio senador, mas a equipe, por engano, pediu reembolso. Ele já fez a solicitação para cancelar o reembolso e para também cancelar os pedidos de diárias", diz a nota enviada pela assessoria dele.

No site do Senado, há o registro de compra das passagens para Flávio no valor de R$ 1.620,66 ida e volta. O senador teria embarcado de Brasília para Recife na noite de quarta-feira (28), e de Recife para Fernando de Noronha na manhã seguinte. A previsão de volta de viagem é na próxima terça-feira (3).

O senador está hospedado numa pousada, que, segundo o site, tem diárias a partir de R$ 1.617.

Bolsonaro comemora

Enquanto o filho 01 passeia pelo arquipélago usando dinheiro público, pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro comemorou neste domingo a liberação da pesca em Fernando de Noronha.

A medida foi anunciada anunciada pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o secretário de Pesca, Jorge Seif Júnior, além do presidente do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). É mais uma decisão que contraria normas de proteção ambiental do próprio ICMBio.

Em estudos do órgão, citados em reportagem do UOL, a área técnica do instituto afirma que "não há motivação nos contextos de conservação da biodiversidade, econômico ou histórico de tradicionalidade que justifiquem a abertura da atividade."


Com informações do IG

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle