Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Estados e DF confirmam interesse na vacina russa


(Sputnik/Vladimir Pesnya)

Embora o governo brasileiro não tenha adotado, ainda, uma posição oficial sobre a primeira vacina contra a Covid-19, alguns estados já estão se antecipando nas negociações ou conversas diretas em torno da Sputnik V, da Rússia.

Na última sexta-feira (11), a Bahia anunciou um acordo com o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI) prevendo o fornecimento de 50 milhões de doses da vacina. A ideia do governador Rui Costa (PT) seria inclusive atender populações de outros estados.

O governo baiano espera começar a realizar ensaios clínicos com 500 voluntários no próximo mês, e aguarda, por enquanto, o posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Antes da Bahia, o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) já havia celebrado um acordo com o RFPI e, no sábado (12), o governo do Rio de Janeiro revelou que estava considerando a possibilidade de iniciar conversas com os russos sobre a vacina.

De acordo com a agência Sputnik Brasil, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que já "está em discussões com a Embaixada da Rússia sobre a possibilidade de a vacina russa ser testada e produzida no DF". O Maranhão também confirmou interesse e informou que, uma vez autorizado pela Anvisa, "deve tentar comprar" a vacina "conjuntamente com o estado da Bahia".

​O governo do Espírito Santo, através de um comunicado, disse que está monitorando as possibilidades, mas aguarda a disponibilização da vacina a ser adquirida via Programa Nacional de Imunização.

50 países

Atualmente, a Rússia está discutindo entregas da vacina com 50 países, informou o diretor-geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI), Kirill Dmitriev, ao canal de televisão russo Pervy Canal neste domingo (13).

A Sputnik V foi registrada pelo Ministério da Saúde da Rússia no dia 11 de agosto, após obter sucesso nas fases I e II de testes, com resposta imunológica de 100%, sem reações adversas graves. Na semana passada, foram iniciados os testes clínicos da fase III, com 40 mil voluntários.

Os primeiros lotes da vacina foram entregues para centros de saúde de várias regiões da Rússia. A vacinação da população em grande escala ocorrerá de acordo com o aumento da produção e a finalização dos testes da 3ª fase.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle