Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Fakenews: Roberto Jefferson, Luciano Hang... Aliados de Bolsonaro são alvos

Deputados federais, como Carla Zambelli, Bia Kicis e Luiz Felipe Orleans e Bragança, serão ouvidos no inquérito, por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF.

O ex-deputado Roberto Jefferson, aliado de Jair Bolsonaro (Imagem/Reprodução)

Um dos alvos da ação da Polícia Federal (PF), nesta manhã, no inquérito que investiga a disseminação de fake news foi o ex-deputado federal Roberto Jefferson , presidente nacional do PTB, aliado de Jair Bolsonaro e nome influente do "centrão", que vem recebendo cargos do governo em troca de apoio no Congresso. O presidente chegou a assistir e recomendar uma live em que Jefferson acusava o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de arquitetar um golpe parlamentar.

A Polícia Federal fez busca e apreensão também nos endereços do empresário Luciano Hang, dono da Havan, e nas casas do deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), ligado ao deputado federal Eduardo Bolsonaro e responsável pelo "gabinete do ódio" em São Paulo, e do blogueiro Allan dos Santos, também líder do "gabinete do ódio", e ligado a Eduardo e Carlos Bolsonaro.

Em seu Twitter, Roberto Jefferson escreveu que teve seu computador e armas apreendidas, comparou a situação à Alemanha nazista e classificou a atitude do ministro Alexandre Moraes, do Supremo, de "soez, covarde, canalha e intimidatória.

(Reprodução)

Os alvos dos mandados são:

Luciano Hang, empresário (SC)

Roberto Jefferson, ex-deputado federal (RJ)

Allan dos Santos, blogueiro (DF)

Sara Winter, blogueira (DF)

Winston Lima, blogueiro (DF)

Edgard Corona, empresário (SP)

Edson Pires Salomão (SP)

Enzo Leonardo Suzi (SP)

Marcos Bellizia (SP)

Otavio Fakhoury (SP)

Rafael Moreno (SP)

Rodrigo Barbosa Ribeiro (SP)

Paulo Gonçalves Bezerra (RJ)

Reynaldo Bianchi Júnior (RJ)

Bernardo Kuster (PR)

Eduardo Fabris Portella (PR)

Marcelo Stachin (MT)

Deputados serão ouvidos O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, quer os deputados sejam ouvidos no inquérito em até 10 dias. Eles não foram alvos de mandados de busca e apreensão. Todos são bolsonaristas.

Deputados federais

Bia Kicis (PSL-DF)

Carla Zambelli (PSL-SP)

Daniel Lúcio

Filipe Barros

Geraldo Junio

Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (PSL-SP)

Deputados estaduais

Douglas Garcia

Gildevânio Ilso


Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle