Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Felipe e Bruno se unem com o apoio de Jorge Roberto no 1o turno em Niterói


O apoio de Jorge Roberto (c) teria sido fundamental para unir Felipe Peixoto (e) e Bruno Lessa (d) na mesma chapa

Por Luiz Augusto Erthal


Os pré-candidatos Felipe Peixoto (PSD) e Bruno Lessa (DEM) irão unir suas forças já no primeiro turno das eleições municipais e formar uma chapa única para disputar a sucessão do prefeito Rodrigo Neves em Niterói. A informação foi dada com exclusividade ao TODA PALAVRA pelo presidente municipal do DEM, o ex-deputado Sílvio Lessa, pai do vereador Bruno Lessa. Embora, segundo ele, ainda esteja sendo discutido quem será o cabeça de chapa, o ex-deputado Felipe Peixoto - que tem o apoio declarado do ex-prefeito Jorge Roberto Silveira - deverá ser o candidato a prefeito, cabendo a vice a Bruno Lessa.


A entrada de Jorge Roberto - que se dizia afastado da política - no tabuleiro eleitoral foi decisiva para unir as duas candidaturas. Felipe e Bruno já conversavam desde o ano passado sobre essa possibilidade, mas, como nenhum dos dois cedia em relação à cabeça de chapa, resolveram seguir com candidaturas próprias e se reaproximarem no segundo turno, no caso de acesso de um dos dois.


A mudança de posição veio depois que os dois pré-candidatos se reuniram na semana passada com Jorge Roberto Silveira. O apoio a Felipe Peixoto significa a ruptura de Jorge com o PDT, partido onde ingressou em 1985 pelas mãos do então governador Leonel Brizola e pelo qual foi eleito quatro vezes prefeito de Niterói. A legenda trabalhista é controlada hoje na cidade por Rodrigo Neves, que lançou a candidatura do ambientalista Axel Grael à sua sucessão.


Felipe Peixoto, que por duas vezes disputou e perdeu para Rodrigo Neves a cadeira de prefeito, também tem fortes raízes no Trabalhismo. Ainda criança fundou o movimento PDT Mirim, militando por cerca de 30 anos no partido. Já Bruno Lessa construiu sua carreira política na social-democracia. Liderou a Juventude do PSDB com apenas 16 anos e, com 21, foi eleito vereador pela primeira vez em 2012. Hoje, com 29 anos, está no seu segundo mandato, mas agora no DEM.

Sílvio Lessa: decisão de unir Bruno e Felipe está tomada

A transferência de Bruno para o DEM se deu após uma engenhosa articulação políticai, sem, contudo, abrir mão do controle político do PSDB em Niterói. Assim, uma chapa formada por Felipe e Bruno já contaria com o apoio de três partidos - DEM, PSDB e PSD -, podendo atrair outras agremiações ainda nesta reta final das convenções partidárias.

Sílvio Lessa destaca que a união dessas legendas trará um ganho considerável em termos de estrutura eleitoral e de fundo partidário para a chapa, suprindo o que seria a maior carência de Felipe - a falta de recursos. Esses fatores, segundo ele, pesariam na definição da cabeça de chapa, mas o ex-deputado admite que Felipe Peixoto “tem mais recall”, demonstrando já um certo conformismo na indicação do vice.


“É uma chapa imbatível, tanto no primeiro como no segundo turno”, comemora Sílvio Lessa, 82 anos, que, em tempos de pandemia, acompanha as articulações políticas de sua fazenda, Miracema.


Matematicamente, se a eleição fosse hoje e a julgar pelas últimas pesquisas divulgadas, o antigo político pode ter razão. Segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisas, feito sob encomenda do site Plantão Enfoco e divulgado nesta quinta-feira pelo TODA PALAVRA, Felipe Peixoto tem 21,6% das intenções de voto, atrás de Axel Grael, com 24,9%. Somando seu percentual com os 8% obtidos por Bruno Lessa, na terceira posição, a chapa assumiria o primeiro lugar da pesquisa, com quase 30%.


Sílvio Lessa, porém, se gaba de já ter encomendado quatro pesquisas qualitativas, nas quais, segundo ele, o panorama eleitoral dos dois se mostra ainda melhor. Agora, para que o quadro político fique ainda mais favorável a eles só falta, na opinião do ex-deputado, que o deputado federal Carlos Jordy, vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara, lance a sua candidatura. “Nós queremos que o Jordy seja candidato”, afirma Sílvio de forma enigmática.


Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle