Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da Redação

Flamengo perde em casa para o Ceará

Time comandado por Rogério Ceni erra muito e perde oportunidade de encostar no líder São Paulo. Treinador rubro-negro balança no cargo.


Edu Gomes

Ceará venceu o Flamengo neste domingo (10) no Maracanã. Foto: Fausto Filho/ Ceará/ Direitos Reservados

Na tarde deste domingo (10), o Flamengo foi derrotado em casa pelo Ceará pelo placar de 2x0, em pleno estádio do Maracanã. Vina, aos 12 minutos do primeiro tempo, e Kelvyn, aos 44 minutos da etapa final, fizeram os gols do time visitante, que agora chegou aos 39 pontos e subiu para a 9ª colocação na tabela do Brasileirão.


O Flamengo, por sua vez, estacionou na 4ª posição da competição com 49 pontos, mesma pontuação de Atlético Mineiro (3º) e Grêmio (5º). O Palmeiras, finalista da Copa do Brasil e semifinalista da Copa Libertadores da América, vem logo atrás com 47 pontos e um jogo a menos.


O técnico Rogério Ceni entrou pressionado na partida, após a derrota no meio de semana para o rival Fluminense pelo placar de 2x1. O treinador fez três mudanças polêmicas na equipe titular: No gol, Neneca deu lugar à César; Gustavo Henrique ganhou a vaga de Natan na zaga; e na mudança mais criticada, Gabigol foi para o banco, tendo Pedro sido titular no jogo de hoje.


O jogo era uma grande oportunidade para Ceni arriscar e colocar os três principais atacantes que possui no elenco como titulares: Bruno Henrique, Gabigol e Pedro. Mas o técnico preferiu apostar em um meio de campo mais forte, deixando o grande ídolo do último título da Libertadores em 2019, no banco de reservas.


Aproveitando-se da situação, Guto Ferreira colocou sua equipe para cima e, mesmo nos contra-ataques, a equipe do Ceará deu muito trabalho à defesa do Flamengo desde o início do jogo. E foi exatamente em uma jogada rápida iniciada pelo lado esquerdo do ataque cearense, que a bola encontrou Vina. O meio-campista (que viria a ser eleito o craque da partida) acertou um belo chute no canto do gol de César e abriu o placar no Maracanã para os visitantes.


Após esse gol, os comandados de Guto Ferreira mantiveram uma postura reativa, onde defendiam em uma formação "4-5-1" mas contra-atacavam no "4-3-3". E sempre levando perigo a defesa rubro-negra. O Flamengo, por outro lado, manteve o domínio da posse de bola, mas não conseguiu concretizar esse domínio em gols, tendo seus jogadores se posicionado de forma muito apática no decorrer da primeira etapa.


No segundo tempo, Rogério Ceni demorou para colocar Gabigol na partida e o desenho permaneceu: maior posse de bola para os rubro-negros, muitos gols perdidos (principalmente pelo artilheiro Pedro, que não estava em dia inspirado) e contra-ataques perigosos do time visitante.


No fim, já no desespero, entraram Gabigol e Vitinho, que se somaram a Renê e Diego, que havia entrado no intervalo. Com isso, Ceni improvisou Willian Arão na zaga e Vitinho na lateral direita, o que gerou buracos na defesa do clube carioca. E foi exatamente aproveitando tais buracos que o Ceará, em contra-ataque rápido, liquidou a partida com o gol de Kelvyn aos 44 minutos do segundo tempo.


Essa foi a segunda derrota do Flamengo para o Ceará nesse Brasileirão, já que havia perdido no primeiro turno pelo mesmo placar de 2x0 para o adversário. O técnico Rogério Ceni segue pressionado e, nos bastidores, já é falado sobre uma possível demissão do treinador, mesmo estando apenas doze partidas a frente da equipe rubro-negra.


O próximo jogo do clube carioca será contra o Goiás fora de casa, no dia 18 de janeiro. Já o Ceará receberá o Red Bull Bragantino no dia 17/01, em jogo a ser realizado no Castelão.


Confiram abaixo a ficha técnica do jogo:


Flamengo 0 x 2 Ceará


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro

Data: 10 de janeiro de 2021, domingo

Horário: 19h (de Brasília)


Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)


Cartões amarelos: Gustavo Henrique e Gerson (Flamengo); Richard (Ceará) Cartões vermelhos:

Gols: Vina, aos 12min do primeiro tempo, e Kelvyn, aos 44min do segundo tempo (Ceará)


FLAMENGO: César; Isla (Vitinho), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Diego) e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro (Gabigol), Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro (Rodrigo Muniz). Técnico: Rogério Ceni


CEARÁ: Richard; Eduardo, Tiago (Klaus), Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Fabinho (Kelvyn), Fernando Sobral, Vina (Charles), Lima; Léo Chu (Saulo Mineiro) e Cléber (William Oliveira). Técnico: Guto Ferreira



vila_de_melgaco.jpg
Anúncio_Denise.jpeg

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle