Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Líder do governo Bolsonaro investigado por corrupção


Líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP), ex-ministro da Saúde de Temer (Câmara dos Deputados)

O novo líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), é investigado por corrupção envolvendo a Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel). Barros, ex-ministro da Saúde do governo Michel Temer, foi apontado em delação premiada de executivos da empreiteira Galvão Engenharia e teria recebido mais de R$ 5 milhões para intermediar negócios da companhia junto à Copel. Barros teria recebido R$ 1,55 milhão em espécie e outros R$ 3,53 milhões em doações eleitorais ao diretório nacional do seu partido, o PP, ex-partido também do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo a agência de notícias Reuters, a Copel enviou um comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) dizendo que criou uma comissão no ano passado para investigar suposto caso de corrupção envolvendo a empresa, após ter sido notificada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a delação premiada. "A colaboração premiada foi homologada em 1 de agosto de 2019 pela Corte máxima do país. O processo, no qual a Copel é vítima corre sob sigilo no STF", diz o comunicado.

Em nota enviada à Reuters, Ricardo Barros disse que "a suposta delação não corresponde aos fatos e que provará a sua inocência".

De acordo com informações publicadas em um site de apoio ao presidente Bolsonaro, um dos delatores relatou que em 2011 Ricardo Barros teria intermediado a venda para a Copel de 49,9% da participação da Galvão Engenharia na São Bento Energia. Nessa ocasião teria recebido o pagamento de R$ 1,55 milhão em dinheiro vivo.

Ricardo Barros é o tesoureiro do PP. O relato do delator teria sido confirmado por outro executivo.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle