Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Martha obtém liminar contra Ibope, por beneficiar Crivella


Advogados anexaram como prova pesquisa Datafolha onde Martha vence Paes no 2° turno por 45% a 41% dos votos

Por decisão da juíza Regina Chuquer, da 23ª Zona Eleitoral do Rio de Janeiro, atendendo a representação dos advogados Vânia Aieta e Marcelo Weick, ambos titulares da campanha da candidata a prefeita Martha Rocha, do PDT, o Ibope vai ser obrigado a modificar o questionário de sua próxima pesquisa de opinião pública sobre as eleições no Rio capital para incluir entre as simulações de um eventual segundo turno com o ex-prefeito Eduardo Paes, as candidatas delegada Martha Rocha, da Coligação “Unidos Pelo Rio” (PDT – PSB) e Benedita da Silva (PT).

Embora as duas candidatas estejam tecnicamente empatadas com o prefeito Marcelo Crivella na segunda posição na preferência dos eleitores, o questionário registrado pelo instituto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última sexta-feira (23) indicou apenas Crivella como um possível adversário de Paes em eventual segundo turno, desconhecendo os resultados de suas próprias pesquisas. Em outra pesquisa, anterior, o instituto já havia omitido os nomes de Martha Rocha e Benedita em suas simulações, o que obviamente ajuda a candidatura de Marcelo Crivella.

“Acolho o pedido para que o IBOPE coloque no questionário a ser apresentado ao contingente de pesquisados a opção de segundo turno que contemple as três situações possíveis, até então: Paes X Crivella; Paes X Martha Rocha; Paes X Benedita, inutilizando o questionário anterior. Intime-se o Presidente do IBOPE para dar cumprimento à determinação judicial, sob pena de suspensão de divulgação da pesquisa e, se necessário, imposição de multa”, afirma a sentença liminar da juíza Regina Chuquer.

Segundo a magistrada, o processo eleitoral deve garantir o princípio da isonomia entre os candidatos: “O princípio do Estado democrático de direito, em contínua construção, deve prezar pela igualdade de tratamento a todos que se encontram em igualdade de condições jurídicas

A representação com pedido de urgência, foi feita pela campanha da delegada Martha Rocha.

A delegada é a candidata mulher melhor colocada nas pesquisas eleitorais e está empatada tecnicamente com Crivella e Benedita. No entanto, na pesquisa divulgada no último dia 15, ao simular como seria a disputa em um eventual segundo turno, o IBOPE considerou apenas o atual prefeito, ignorando que Martha e Benedita também teriam chances de disputar um novo pleito.

Em sua representação na Justiça Eleitoral, os advogados Vânia Aieta e Marcelo Weick denunciaram que a próxima pesquisa do IBOPE — registrada na última sexta-feira (23/10) e que será divulgada no próximo dia 30, quinze dias antes das eleições, — repete a mesma irregularidade. Segundo eles, a divulgação parcial, desrespeitando a isonomia, poderia influenciar o voto dos eleitores.

“No instante em que o instituto de pesquisa promovido decide fazer apenas uma simulação de segundo turno (Paes x Crivella), quando há um empate técnico na segunda colocação (Crivella, Martha e Benedita), o instituto de pesquisa simplesmente faz uma seleção tendenciosa e injustificada, quebrando a regra de isonomia que deve nortear todo o processo eleitoral, principalmente a colheita e divulgação de opinião pública eleitoral, com forte influência da opção final do eleitor nas urnas”, justificaram Vania Aieta e Marcelo Weick no pedido.

Ainda segundo os advogados, ao pinçar apenas o nome de Marcelo Crivella para simular os resultados de um eventual segundo turno, o instituto de pesquisa “tenta induzir o eleitor que o segundo turno será inevitavelmente entre os dois citados candidatos (Paes x Crivella) quando os dados pelo próprio instituto coletados dizem diferente (empate técnico na segunda colocação)”.

Na representação, os advogados anexaram como provas os resultados da última pesquisa do DataFolha em que, na simulação para um eventual segundo turno, a delegada Martha Rocha aparece como a única candidata capaz de vencer Paes, por 45% a 41% dos votos.

Com a decisão da Justiça, o IBOPE terá 24 horas para substituir o questionário registrado no TSE para incluir os nomes dos três candidatos tecnicamente empatados em segundo lugar nas pesquisas.


Fonte: PDT

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle