Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Ministério da Saúde contrata entrega tartaruga de seringas


(Foto: Reprodução)

Bilhões de seringas serão necessárias no mundo todo para serem usadas no controle da pandemia. Governos de dezenas de países correram para estocar o material para conseguir atender suas populações. O governo brasileiro se atrasou e o Ministério da Saúde optou pela entrega mais demorada ainda ao fechar um contrato de compra de 40 milhões de seringas com a Organização Panamericana de Saúde (Opas). A informação só foi tornada pública pelo governo, e publicada nesta terça-feira (12) no Globo, depois que o jornal utilizou a Lei da Acesso à Informação.

De acordo com o jornal, o ministério poderia ter escolhido o frete por avião, que previa a entrega de seringas entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021. No entanto, o preço para a compra e entrega do material foi considerado caro e o governo optou por um novo orçamento oferecido pela Opas, que prevê o transporte por navio. A entrega está marcada para a partir deste mês, sem uma data certa.

Segundo o governo, o primeiro orçamento, apresentado em setembro, estabelecia um valor total de US$ 4,6 milhões para a compra e entrega do material.

Ainda segundo o governo, foi pedido um novo orçamento, apresentado pela Opas em dezembro. O acordo foi fechado pelo valor de US$ 1,3 milhão.

Com uma licitação pública lançada só em dezembro, o governo federal tentou comprar 331 milhões de seringas. O máximo que conseguiu foram 7,9 milhões de unidades, somente 2,4% do total.

Especialistas afirmam que, se o governo tivesse se planejado com antecedência e comprado as seringas em meados do ano passado, como fizeram outros países já sabendo que seriam necessárias, teria pagado mais barato. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, tem dito que não faltarão seringas e agulhas para vacinação da população.

vila_de_melgaco.jpg
Anúncio_Denise.jpeg

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle