Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Mourão fala pelo Brasil e defende adesão à 5G da China


Com o presidente Jair Bolsonaro amordaçado por ele mesmo quando se trata de criticar ou contrariar interesses dos Estados Unidos de Donald Trump, foi o vice-presidente Hamilton Mourão quem saiu em defesa da adesão do Brasil à rede de internet 5G da Huawei, da China. Mourão disse que a participação da empresa chinesa está bem posicionada no processo de licitação para construção da rede 5G no Brasil.

Mourão destacou que mais de um terço das empresas que operam o 4G no país têm equipamentos da Huawei e seriam prejudicadas por um eventual banimento da gigante chinesa, como é desejo do governo de Donald Trump. O leilão da tecnologia 5G deveria ocorrer neste ano, mas foi adiado devido à pandemia do novo coronavírus.

"A Huawei tem capacidade acima de seus concorrentes e ainda não vemos empresas norte-americanas capazes de derrotar a concorrência internacional", declarou Mourão durante uma videoconferência com correspondentes estrangeiros em São Paulo.

A Huawei, observou ele, já está presente no Brasil como fornecedor de "mais de um terço da rede 4G do Brasil usada por operadoras que usam equipamentos da Huawei".

"Nossa legislação sobre a participação em uma oferta é clara: ninguém pode ser proibido", destacou Mourão, acrescentando que a única coisa que a empresa deve fazer é "demonstrar sua transparência [em conformidade] com as regras que serão estabelecidas" para o processo.

Na semana passada, o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, deu declarações com a ameaça de que o país sofrerá "consequências" caso confirme a adesão à tecnologia da Huawei. O argumento dos EUA remete ao tom adotado nos tempos da "Guerra Fria", de ameaça do comunismo, e teve dura resposta de Pequim, que lembrou que o que move o governo estadunidense é unicamente a defesa dos interesses comerciais de empresas norte-americanas.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle