Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Niterói dá selo cervejeiro para cervejaria sustentável


O prefeito Rodrigo Neves fez a entrega do selo cervejeiro / Bruno Eduardo Alves

Na noite desta sexta-feira (04), o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, esteve na recém inaugurada Masterpiece, na Região Oceânica, para entregar o Selo Cervejeiro para cervejaria mais sustentável do país. O local conta com painéis solares, reaproveitamento do malte, reúso de água para lavagem de equipamentos e câmara de neutralização de resíduos químicos.

Rodrigo Neves destacou que Niterói é um polo cervejeiro reconhecido no Estado do Rio de Janeiro.

“Quando a gente pensou nesse programa, acreditávamos na capacidade empreendedora e de inovação dos empreendedores de Niterói. E hoje a cidade é, sem dúvida alguma, o principal polo cervejeiro do Rio de Janeiro e isso se conjuga com o clima da cidade, as praias, o bem viver, a qualidade de vida e com o nível de exigência dos niteroienses de ter coisas de qualidade sendo feitas aqui. A cervejaria é de excelente qualidade, com bom gosto e sofisticação, tem essa pegada importante da sustentabilidade e uma equipe feminina destacada. Tem a cara de Niterói”, disse o prefeito.

O prefeito ressaltou que, nesse momento de crise, Niterói tem um plano de retomada da economia com várias frentes, como o ecossistema de inovação, o Polo Mar, o Programa Supera Mais e o Mercado Municipal, que vai fazer com que a cidade saia fortalecida de toda essa situação da pandemia, sobretudo comparada às demais cidades da Região Metropolitana. 


“É um excelente momento para os empresários olharem para Niterói e investirem aqui”, destacou o prefeito. 

André Valle, dono da Masterpiece, falou sobre a importância da sustentabilidade na cervejaria. 

“O conceito é bem interessante porque trata-se da cervejaria mais sustentável do mundo. Nossa fábrica conta com uma usina solar. O teto tem 84 painéis fotovoltaicos que geram toda energia que é usada, reaproveitamos água da chuva na limpeza, o malte utilizado na produção da cerveja é reaproveitado para fazer produtos alimentícios como brownies e palitinhos e não utilizamos garrafas aqui, apenas latas que são 100% recicláveis. Quando você une todos esses elementos, você tem um espaço sustentável”, explicou André.

Além da parte ambiental, André também se preocupou com a sustentabilidade social e destaca que cervejarias são ambientes, em geral, masculinizados, onde quase não se vê mulheres. Na Masterpiece metade da equipe é feminina, incluindo a mestra cervejeira. 

“Nos preocupamos em fazer uma cervejaria inovadora. O nosso espaço permite que a pessoa venha e tenha uma experiência de tomar 22 cervejas diferentes, todas fabricadas aqui. E assim que for possível, também teremos uma série de eventos culturais. O ambiente também conta com um palco e toda acústica preparada para receber os artistas locais”.

André destaca que o incentivo que recebeu foi decisivo para a abertura do estabelecimento.

“Essa fábrica só aconteceu aqui em Niterói por causa da lei cervejeira que foi aprovada pela Câmara e pela Prefeitura que permitiu que tivéssemos esse incentivo para abrir um negócio novo na cidade. Nosso maior receio era empacar na burocracia e nos trâmites para investir e abrir a cervejaria. Isso não aconteceu. Eu conto pra todo mundo que não tivemos nenhum problema em Niterói. Fomos acolhidos e sentimos que a prefeitura apoia os empreendedores”, disse André.

Selo - Essa é a sexta cervejaria a receber o Selo Niterói Cervejeiro, criado pela Prefeitura para estimular a abertura e valorizar as fábricas artesanais e brewpubs na cidade. O município possui, atualmente, 32 cervejarias ciganas que alugam o espaço para produção na cidade, 26 caseiras inscritas na Acerva, 19 bares cervejeiros, cinco associações e três startups de bebidas.

O selo Niterói Cervejeiro foi criado junto com a Lei municipal nº 3.288, que dispõe sobre o licenciamento da atividade de microcervejarias e respectivos bares cervejeiros na cidade. 

Para receber o selo, os interessados devem fazer solicitação à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e passam, a partir daí, por avaliação de uma comissão formada por representantes das secretarias municipais de Cultura, de Meio Ambiente, e de Desenvolvimento Econômico, Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), Universidade Federal Fluminense e Firjan. Mais de 50 itens são levados em consideração na avaliação. Na lista de exigências estão uma política de não agressão ao meio ambiente no processo de fabricação e tratamento dos resíduos produzidos. 

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle