Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Niterói reage contra novo ataque à UFF


Deputado Waldeck Carneiro

O processo movido pelo MEC contra 30 docentes da Universidade Federal Fluminense, em razão de um voto dado há 12 anos no Conselho de Administração da universidade provocou reações indignadas em Niterói. O deputado estadual Waldeck Carneiro (PT) considerou o fato "uma nova afronta do incompetente ministro da Educação à autonomia universitária". Por sua vez, o vereador Leonardo Giordano (PCdoB), se manifestou pelas redes sociais, condenando o que classificou como "censura" do ministro Weintraub:

Vereador Leonardo Giordano

"Acompanho chocado o absurdo que o Ministério da Educação está promovendo na nossa querida Universidade Federal Fluminense e venho repudiar e prestar a minha solidariedade aos 30 professores que estão sendo perseguidos por esse governo que mais se preocupa com a censura do que com o acesso do nosso povo à educação. Não ficará por isso mesmo, nossos professores não estão sozinhos e nunca iremos recuar na luta pela autonomia das nossas universidades. Mais uma vez a UFF se agiganta e resiste diante de tanto retrocesso. Abaixo à censura de Weintraub e VIVA A UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE!"

Na segunda-feira (17/02), a colunista da Folha de São Paulo, Mônica Bérgamo, informoju que o ministério da Educação (MEC), comandado por Abraham Weintraub, abriu um procedimento administrativo disciplinar contra 30 professores da UFF porque, há 12 anos, eles decidiram que os funcionários aposentados deveriam ter os mesmos aumentos dos que estavam na ativa, seguindo os princípios da isonomia e da integralidade.

“É o maior abuso de autoridade que se comete contra a liberdade de manifestação e de voto nos Conselhos superiores da universidade pública”, diz Adriana Penna, da associação dos docentes da UFF. “É uma clara tentativa de intimidação e ataque à autonomia universitária”.

A entidade está dando apoio jurídico aos professores.

(TP com o Brasil 247)

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle