Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Niterói vai criar quase 200 leitos para enfrentar coronavírus

Niterói vai ampliar em quase 200 leitos a capacidade de sua rede pública de saúde para atender pacientes infectados pelo coronavirus. Depois de denúncias do vereador Paulo Eduardo (PSOL), presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, de que o hospital de referência na cidade, o Carlos Tortelly, dispunha apena de cinco leitos e de nenhum repirador, o prefeito Rodrigo Neves anunciou a criação de 130 leitos, com respiradores, na Região Oceânica.

Esses leitos - e mais alguns garantidos pelo prefeito, chegando a um total de 150 - serão montados no Hospital Oceânico, em Pendotiba, que está fechado e sera arrendado por um ano pela prefeitura. Segundo informações de Paulo Eduardo, o Hospital Antônio Pedro disponibilizará mais 30 leitos de enfermaria e dez no CTI. Além do Carlos Tortelly, no Centro - cujos pacientes serão transferidos para o Hospital Orêncio de Reitas -, como unidade de referência para o combate à pandemia, Niterói terá, ainda, o Hospital Mario Monteiro, também na Região Oceânica, e a Unidade de Urgência do Largo da Batalha, em Pendotiba, como outros pontos de referência.


Medidas preventivas


A estruturação da rede pública de saúde da cidade só foi possível com a decisão da prefeitura de arrendar e equipar o Hospital Oceânico. Essa foi uma das várias medidas anunciadas pelo prefeito Rodrigo Neves. Ele convocou, na tarde de quinta-feira (19), vereadores e secretários para uma reunião no estacionamento do Solar do Jambeiro, no Ingá, onde apresentou um plano para reduzir o impacto da epidemia do novo coronavírus no município. Na ocasião, ele disse que vai antecipar o pagamento do 13º salário a todos os servidores públicos municipais, no próximo dia 2 de abril.“Vamos antecipar R$ 70 milhões de pagamento para todos os aposentados, pensionistas e servidores da Prefeitura para que eles possam ficar em casa num ambiente com menos estresse possível, se é que isso é possível no contexto que hoje estamos vivendo”, declarou o prefeito.

Na reunião, em que o prefeito disse que ser a última presencial, Rodrigo Neves falou que para vencer a guerra contra o coronavírus iria decretar o fechamento de todas as atividades de todos os estabelecimentos relacionados a academia de ginástica, salão de beleza, cabeleireiros, bares e todos cursos de línguas. Entre outras medidas anunciadas, o prefeito disse que suspenderia também os serviços administrativos da Prefeitura, como os atendimentos do Niterói Prev, por exemplo, que será feito por telefone. Ele também afirmou que para diminuir o impacto econômico, vai dar início ao pagamento de R$ 500,00 por três meses para os sete mil microempreendedor da cidade que possuem o alvará de funcionamento.

Outra medida na área da cultura será a publicação de um edital para transformar o Arte na Rua em Arte na Net.“Para gerar entretenimento para as pessoas, que assim como eu, vão estar em casa, a partir de segunda feira vamos contratar artistas da cidade para levarem arte, música e cultura às redes sociais”, disse Rodrigo Neves.

O prefeito disse, ainda, que enviaria mensagens para a Câmara de Vereadores para impedir o corte do fornecimento de água por falta de pagamento enquanto a cidade estiver vivendo a crise de pandemia.

Hospital Oceânico, que está fechado, terá 150 leitos

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso