Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Niterói mantém restrições de acesso à cidade até 20 de maio


Todas as entradas da cidade, inclusive a estação das barcas, estão sendo monitoradas por policiais

A Prefeitura de Niterói vai prorrogar a restrição da circulação com municípios vizinhos até o dia 20 de maio.  Só poderão entrar em Niterói pessoas que trabalham no município em atividades essenciais na cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Neves em pronunciamento nas redes sociais da Prefeitura nesta segunda-feira (27). A ação começou dia 23 de abril nas principais entradas da cidade.

O prefeito destacou que a medida é necessária para estimular os moradores de cidades limítrofes a seguirem a recomendação das autoridades locais e cumprirem o isolamento social, contribuindo para o achatamento da curva de casos de coronavírus no Estado.

"O Estado do Rio chegou hoje ao número de quase 8 mil casos confirmados de Covid-19, com um crescimento expressivo de casos confirmados e, por isso, optamos por prorrogar a restrição de circulação. Peço aos meus amigos moradores da cidade do Rio, de Maricá e São Gonçalo que acolham as recomendações das autoridades de saúde e de seus prefeitos. Fazer o isolamento social é um ato de amor aos nossos pais e nossos avós".

O secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, Renato Barandier, ressaltou a grande quantidade de moradores de outros municípios que circulam em Niterói nos dias normais ao explicar a decisão de manter o controle nos acessos à cidade.

"Niterói possui a segunda maior ligação intermunicipal do Brasil. Temos uma população de cerca de 500 mil habitantes e recebemos, diariamente, mais de 250 mil pessoas de municípios vizinhos. Isso representa quase 50% da população da cidade. Por isso, como forma de ajudar a mantermos o padrão de crescimento dos casos na cidade, optamos pela prorrogação das medidas de restrição de circulação", explicou o secretário.

Centro de referência de quarentena - Durante o vídeo ao vivo nas redes sociais da Prefeitura, Rodrigo Neves anunciou que, a partir desta terça-feira (28), entra em funcionamento o primeiro centro de referência de quarentena em Niterói. O prefeito enfatizou que esta é mais uma ação no combate ao avanço do novo coronavírus, que será somada à sanitização das comunidades e ruas da cidade, à distribuição gratuita de máscaras e à entrega de 80 mil kits de higiene e limpeza, que deverá ser concluída nesta quinta-feira.

“Diferentemente do que está acontecendo no Rio e na Região Metropolitana, em Niterói ainda não tivemos óbitos em comunidades e registramos poucos casos confirmados nessas áreas mais adensadas. Isso é o reflexo dessas medidas, da conscientização sobre o isolamento social e, também, do uso das máscaras que estamos distribuindo”, disse.

O prefeito destacou, ainda, que o centro de referência de quarentena, que funcionará em um Ciep que já havia sido completamente reformado pelo Município, será adaptado para receber as pessoas que moram em comunidades e não têm condições de cumprir o isolamento social sem colocar em risco pessoas que moram na mesma casa. A unidade contará com enfermeiros, psicólogos, nutricionistas entre outros profissionais.

“Com estes espaços adaptados e junto à testagem massiva, vamos identificar nas comunidades e regiões mais adensadas pessoas com sintomas mais leves. Aquelas com resultado positivo para Covid-19, serão recomendadas ao isolamento. No entanto, muitas das vezes, essas pessoas, diferentemente da classe média e média alta, não terão como cumprir o isolamento em suas casas dentro das comunidades, então serão levadas para o centro de quarentena, para fazerem o isolamento com segurança. Após um período de 14 dias, elas poderão retornar para as suas casas e suas famílias, sem risco”, explicou.

Boletim – Niterói chegou, nesta segunda-feira (27), a 278 casos confirmados, com 103 pessoas em isolamento domiciliar em casa, acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde. Houve hoje o registro do 20º óbito. Há 50 pacientes com a Covic-19 internados em hospitais. A cidade contabiliza 105 pacientes recuperados do novo coronavírus em Niterói.

Os bairros com mais casos confirmados em Niterói são Icaraí, com 94, Fonseca (24), Santa Rosa (22), Barreto (16), Centro (14), Engenhoca (12), São Francisco (12), Itaipu (10), Ingá (9) e Charitas, Piratininga e Camboinhas, com sete casos cada.

Ações de auxílio econômico - Rodrigo Neves aproveitou também para falar sobre as iniciativas da Prefeitura de Niterói para apoiar as micro e pequenas empresas da cidade. O primeiro é o Fundo de Crédito Niterói Supera, que oferecerá empréstimo para capital de giro para micro, pequenas empresas e profissionais liberais com juros pagos pela Prefeitura, seis meses de carência e pagamento em até 36 vezes. O segundo é o Programa Empresa Cidadã, em que o governo municipal vai arcar, por três meses, com o pagamento de um salário mínimo para até nove funcionários de empresas de Niterói com até 19 funcionários. "Niterói é a única cidade do Brasil que estruturou um plano de apoio ao empresariado, ao comércio da cidade. Vamos auxiliar de 8 a 10 mil empresas para que a nossa atividade econômica fique de pé durante esse período de pandemia", afirmou o prefeito.

Rodrigo Neves lembrou ainda que cerca de 7 mil microempreendedores individuais da cidade receberam o crédito da parcela do auxílio de R$ 500 em seus cartões no último dia 22. E que, no dia 29, os taxistas, motoristas de vans escolares e auxiliares que se inscreveram no programa Taxista Amigo receberão em suas contas o primeiro depósito de R$ 500.

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael, ressaltou que cerca de 50 mil famílias estão sendo beneficiadas com programas sociais do Município como o Renda Básica Temporária e o Busca Ativa.

“Conseguimos a ampliação do programa Renda Básica Temporária para as famílias de alunos da rede municipal de ensino que não estão inscritas no CadÚnico. A distribuição dos cartões pré-pagos para essas pessoas será realizada no período de 11 a 15 de maio. Iniciamos o planejamento de como se dará essa distribuição e, em breve, anunciaremos. Estamos fazendo todo o esforço para que a entrega ocorra como foi nas últimas semanas com as famílias inscritas no CadÚnico e também no Busca Ativa, sem filas e sem aglomeração, com tudo organizado”, disse Axel Grael.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle