Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Pazuello diverge das medidas que ele próprio assinou


O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, fala na Fundação Oswaldo Cruz (Imagem/Reprodução)

Divergindo do discurso negacionista do presidente Jair Bolsonaro e das medidas de reabertura de atividades econômicas que ele próprio assinou, o ministro ainda interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, disse nesta segunda-feira (10) que é preciso "parar o sangramento" e que o governo apoia todas as medidas de prevenção tomadas por municípios e estados contra o novo coronavírus. Foi a primeira manifestação pública de autoridade do governo após o Brasil chegar a marca de 100 mil mortos pela Covid-19.

Em evento de inauguração de uma unidade de processamento de testes da Covid-19 na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Rio de Janeiro, ao falar sobre as 100 mil mortes, Pazuello disse que "não é um número que vai fazer a diferença" e comparou a situação em que se encontra a pandemia no Brasil com uma hemorragia. "Não é 95, 98 ou 101 que vai fazer a diferença. O que faz a diferença é cada brasileiro que se perde. Precisamos compreender como parar o sangramento com diagnóstico precoce, tratamento imediato e suporte respiratório antes da UTI", disse Pazuello, que quando assumiu interinamente a pasta, o Brasil registrava 218.233 casos confirmados e 14.817 mortes pela doença.

Contrariando a sua própria postura desde que assumiu o ministério, em 18 de maio, o general disse que o governo apoia as medidas tomadas pelas prefeituras e governos estaduais. "Medidas preventivas e afastamento social são medidas de gestão dos municípios e estados, e nós apoiamos todas elas, porque quem sabe o que é necessário naquele momento precisa de apoio, e nós apoiamos", declarou, sem lembrar que ele assinou a portaria nº 1.565, divulgada em 19 de junho, orientando a reabertura de atividades quando o país tinha mais de um milhão de casos da doença. Hoje o Brasil ultrapassa 3 milhões de casos.

“O governo federal, se depender de nós, estava tudo aberto com isolamento vertical e ponto final”, já afirmara em 14 de maio o presidente Jair Bolsonaro.

"Já perdemos 100 mil brasileiros com nome, identidade e família. E podem acreditar, nós estamos todos os dias revendo nossos protocolos, procurando o que tem de melhor e alterando aquilo que não vinha dando certo”, disse nesta segunda (10) o ministro interino.

Capacidade de testagem

A Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 da Fiocruz inaugurada nesta segunda-feira vai ampliar a capacidade nacional de processamento de testes moleculares para detecção no novo coronavírus. A nova unidade tem capacidade para processar até 15 mil exames de coronavírus por dia.

Outra Unidade de Apoio será inaugurada pela instituição no Ceará, podendo executar diariamente até 10 mil testes moleculares por dia. A previsão é que a unidade cearense comece a operar ainda em agosto.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle