Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

PF investiga fraude após comprar álcool-gel adulterado


(Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Suspeita começou quando a PF comprou produto em Porto Alegre. Crimes contra a saúde pública e estelionato em duas cidades mineiras, onde está o fornecedor, podem valer penas de sete a 15 anos de prisão.

Uma fornecedora de álcool gel sem eficácia comprovada é alvo de operação da Polícia Federal (PF) nesta terça-feira (1º). São quatro mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e em São José da Lapa, cidade na região metropolitana da capital mineira.

Segundo as investigações, a PF investiga suspeita de crime contra a saúde pública. A apuração começou em Porto Alegre (RS) , em agosto, quando a PF local identificou, através de perícia, que o álcool gel comprado pela própria corporação estava em desacordo com as exigências de saúde.

Segundo a PF, a apuração passou para o órgão em Minas Gerais porque os fornecedores têm sedes na capital mineira e em São José da Lapa. A PF informou que há desigualdade de informações entre as especificações técnicas de rotulagem e a eficácia do produto.

Os mandados foram expedidos pela 35ª Vara Criminal da Justiça Federal em Belo Horizonte e a ação policial é feita com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Vigilância Sanitária da Prefeitura de Belo Horizonte (Visa).

Os envolvidos podem responder pelo crime de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e pelo crime de estelionato. As penas podem chegar a 15 e 7 anos de prisão, respectivamente.

O álcool gel é produto comprovadamente eficaz na higienização que combate a Covid-19. Também é conhecido como álcool 70, ou seja, é composto por 70% de álcool etílico (etanol). De acordo com o Conselho Federal de Química, essa é a quantidade necessária para combater micro-organismos como bactérias, vírus e fungos.

É possível identificar esse grau observando o rótulo do produto. Às vezes, em vez do símbolo de percentagem, é usado o que indica os graus do produto como nas marcações de temperatura.


Fonte: Agência Sputnik

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle