Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Por fakenews, Crivella terá enxurrada de processos


Crivella fez live ao lado deputado federal Otoni de Paula, investigado no inquérito das fakenews, no STF (Reprodução)

O desespero do prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), diante das pesquisas eleitorais que apontam o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) com ampla margem de vantagem para vencer no segundo turno, poderá lhe custar não só a sua derrocada nas urnas no próximo dia 29 mas também a própria carreira como político. Por conta da live, transmitida na quinta-feira, com falsas acusações contra o PSOL, sugerindo que o partido tentaria implementar "pedofilia nas escolas", Crivella conseguiu, no mínimo, agravar mais ainda a situação dele na Justiça, com duas ações (cível e criminal) a serem movidas pelo PSOL e ainda a inclusão do vídeo, pela Procuradoria Regional Eleitoral do Rio, em um processo já existente contra ele na Justiça Eleitoral.

No vídeo, dirigindo-se aos evangélicos, Crivella divulgou a informação falsa ao lado do deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), que já é investigado no inquérito das fakenews no Supremo Tribunal Federal (STF).

A resposta do PSOL veio através do deputado federal Marcelo Freixo, através de um vídeo, chamando Crivella de "ser rastejante".

"Você vai ser processado, vai responder na Justiça. Isso é o desespero de quem vai tomar uma surra eleitoral. Você vai sair da prefeitura como um ser rastejante. Você é um ser político rastejante, Crivella", afirmou Freixo num vídeo de mais de oito minutos.

Na live (assista o vídeo no final da matéria), Crivella afirmou que o PSOL "está com Eduardo Paes" e disse que ouviu que o partido "vai tomar conta da secretaria de Educação" numa eventual gestão de Paes.

"O PSOL está com Eduardo Paes. Dizem que vai tomar conta da secretaria de Educação. Você imagina, pedofilia nas escolas? Eu fico imaginando um irmão meu evangélico, metodista, assembleiano, alguém da Universal. Jesus disse que o Reino de Deus é das crianças. Jesus se comparou às crianças. E nós vamos aceitar pedofilia na escola? No ensino infantil?", disse Crivella, ex-bispo da Igreja Universal.

Freixo, além de chamar Crivella de "mentiroso", tratou de esclarecer também que em nenhum momento se pensou dentro do partido integrar um eventual governo de Eduardo Paes na Prefeitura do Rio.

"Você é o pior prefeito da história do Rio de Janeiro. Você mente. O que você tem de cristão? Você não vai tomar uma surra do Eduardo Paes porque ele é bom. Você vai tomar a surra porque você é péssimo. Você vai sair pela porta dos fundos. Você vai ser lembrado pelo tamanho da sua derrota. Você consegue ser o esgoto das fakenews. Fiz oposição ao Eduardo Paes e vou continuar fazendo a minha vida inteira. Você, sim, já fez acordo com o Eduardo Paes", afirmou num dos trechos.

No primeiro turno, Crivella já havia citado que haveria "kit gay" nas escolas se o PSOL governasse o Rio. O chavão é uma criação usada de forma caluniosa por Bolsonaro na campanha à presidência em 2018. Foi tirado do projeto "Escola sem Homofobia", anunciado pelo governo federal em 2004. O projeto não continha absolutamente nada para estimular práticas sexuais por crianças, como foi difundido por Bolsonaro e pastores como Silas Malafaia e Marcelo Crivella, e a circulação da fakenews persiste até hoje em redes bolsonaristas na internet, apesar de o termo "kit gay" ter sido proibido pelo Tribunal Superior Eleitoral em outubro de 2018, por gerar "desinformação no período eleitoral".

O candidato Eduardo Paes também anunciou que vai processar, cível e criminalmente, Crivella "por essa gravíssima e mentirosa acusação".

A seguir, o vídeo da acusação falsa de Crivella e o vídeo da resposta de Freixo:



Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle