Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da Redação

Prefeitura de Niterói e UFF fazem parceria para fomentar inovação

A Prefeitura de Niterói, em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF), criou o Programa e Ecossistema de Inovação, lançado na última quinta-feira (17/9). O projeto faz parte do Plano de Retomada Econômica de Niterói e tem o objetivo de fomentar a geração de ideias de negócio, aceleração e incubação de startups voltadas para as áreas de resultado contidas no planejamento estratégico Niterói que Queremos, com prioridade para Cidades Inteligentes e Inovadoras e para Economia do Mar.

Berg Silva / Prefeitura de Niterói

O Programa e Ecossistema de Inovação pretende impulsionar novas empresas que ofereçam serviços tecnológicos para essas áreas estratégicas para a economia niteroiense. Além disso, oferecerá mentoria, capacitação e conexão dos negócios inovadores com empresas de setores correlatos da economia atuantes nas áreas de Cidades Inteligentes e Inovadoras e Economia do Mar.


A expectativa é culminar com a criação de novas empresas que prestem seus serviços para solucionar desafios tanto da Prefeitura de Niterói quanto de suas vocações econômicas, especificamente, o complexo industrial marítimo, portuário e de Óleo & Gás.


“O Programa e Ecossistema de Inovação é um plano de ações integradas com a universidade e setor privado para incentivar startups e reter talentos em nossa cidade. Niterói tem maior proporção de mestres e doutores no Rio e é preciso manter essas mentes brilhantes na nossa cidade. O programa faz parte do Plano para Retomada da Economia de Niterói, com ações como Empresa Cidadã, Supera Mais Niterói, Novo Mercado Municipal de Niterói, o PoloMar e logística com dragagem canal de São Lourenço, Morar Melhor, dentre outras iniciativas”, explicou o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.


O projeto, que será enviado à Câmara de Vereadores, terá como público-alvo os estudantes de graduação e pós-graduação (mestrado, doutorado e especialização) vinculados a Instituições de Ensino Superior de Niterói, bem como seus professores e técnicos. Ele abrange o desenvolvimento e acompanhamento dos ciclos de inovação: Ideação, Pré-Incubação, Incubação, Aceleração e Graduação.


Além disso, está prevista a disponibilização e criação de coworkings públicos e a criação de um Ecossistema de Inovação, aproximando empresas e instituições de pesquisa e desenvolvimento com as startups do programa.


A diretora de Tecnologia da Prefeitura de Niterói, Adriana Neves, apresentou o Programa e Ecossistema de Inovação, que prevê que 30 empresas sejam selecionadas após a avaliação de seus projetos. Dessas, 22 serão incubadas, recebendo um investimento de R$ 60 mil cada. Oito serão aceleradas, com cada startup recebendo um investimento de R$ 80 mil. Caso o negócio seja promissor e necessite de um investimento adicional, haverá a possibilidade de financiar até R$ 100 mil do projeto.


“O programa é focado em oportunidades e desafios do Município de Niterói, através de conhecimento qualificado e desenvolvimento de ações que fomentem a geração de ideias de negócio, aceleração e incubação de startups voltadas para as áreas de Cidades Inteligentes e Inovadoras e para Economia do Mar. A parceria com a Universidade Federal Fluminense será fundamental para o sucesso da iniciativa”, explicou.


O reitor da Universidade Federal Fluminense Antônio Claudio, afirmou que a universidade contemporânea não pode se limitar ao papel de ensino, pesquisa e extensão, mas pode e deve participar do processo de inovação.


“Esse é um processo complexo porque é preciso que todas as partes conheçam suas potencialidades e suas limitações. Mas eu vejo que hoje em Niterói isso é possível. Principalmente no dia de hoje, que estamos apresentando um programa completo. Com objetivos, prazos e metas, voltado para atender os interesses da população de Niterói”.


A secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer, destacou que, com o programa, o poder público de Niterói cumpre o seu papel de dar saltos para o desenvolvimento da sociedade.


‘O que estamos fazendo aqui é gerando valor para Niterói. Os talentos instalados na universidade poderão agregar valor às empresas instaladas no município e, assim, fazer com que essas empresas possam desenvolver novos produtos, processos, materiais, logísticas e soluções. Dessa forma, poderão crescer, aumentar seu faturamento e gerar mais empregos e aquecer a economia da cidade”.


A secretária de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti, ressaltou a importância do programa para fomentar o potencial de Niterói como cidade inovadora.


“Quando se pensa na tripla hélice de inovação, com governo, instituições de pesquisa e o setor empresarial, a gente vê que isso é possível em Niterói graças à sinergia entre a Prefeitura de Niterói e esses setores. E a Prefeitura se mobiliza para tornar isso possível, porque esse potencial retorna para a cidade em forma de desenvolvimento”.


A estrutura conta com um conselho gestor, composto por membros indicados pela Prefeitura de Niterói, pela Universidade Federal Fluminense e também representantes empresariais das áreas Cidades Inteligentes e Inovadoras e Economia do Mar.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle