Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da redação

SG ganha mirante para a Baía de Guanabara nesta 6a

A partir deste mês, o Centro de Tradições Nordestinas - Severo Embaixador Nordestino, em Neves, irá adicionar educação ambiental à agenda de cultura e lazer que já pode ser encontrada no espaço. Nesta sexta-feira (14), às 10h, dois novos equipamentos serão inaugurados: a Sala Verde Dora Negreiros e o Mirante de Contemplação Professor Elmo da Silva Amador. A cerimônia será feita de forma simbólica, por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).


"Conseguimos recuperar um espaço que antes era utilizado para despejo irregular de lixo. Agora, vamos entregar para a população uma Sala Verde, um Mirante de Contemplação da Baía de Guanabara, além de 267 mudas de árvores nativas de Mata Atlântica que foram plantadas neste local", explica o prefeito José Luiz Nanci.


A Sala Verde tem como objetivo compartilhar informações ambientais aos cidadãos sobre os principais indicadores de qualidade ambiental, características territoriais e ecossistêmicas georreferenciadas da cidade e da Baía de Guanabara. Já o Mirante é um espaço voltado para incentivar a conexão do indivíduo com a natureza, garantindo visão privilegiada para o pôr do sol da Baía.


"A Sala Verde é um projeto que tem parceria do Ministério do Meio Ambiente, que disponibilizará informações e publicações de documentos de cunho ambiental produzidos pelo Ministério e seus colaboradores", informa o secretário municipal de Meio Ambiente, Thiago Pereira.


Dois grandes técnicos e ambientalistas, a niteroiense Dora Negreiros e o catarinense Professor Elmo Amador, serão homenageados, dando seus nomes aos equipamentos. "Foi uma forma que encontramos de prestigiar, mesmo que de forma singela, esses dois grandes cidadãos que contribuíram enormemente para a questão ambiental do Estado e, principalmente, para a Baía de Guanabara. Eles foram grandes e continuarão inspirando os mais jovens a ressignificarem suas relações com o ambiente que nos rodeia", ressalta o biólogo e subsecretário de Meio Ambiente, Glaucio Teixeira Brandão.


O evento de inauguração ainda vai contar com a participação do assessor de sustentabilidade do Museu do Amanhã, o jornalista Emanuel Alencar, que irá autografar seu livro "Baía de Guanabara: Descaso e Resistência", que discute a situação da Baía, cartão-postal e local das regatas dos Jogos Olímpicos de 2016. O jornalista buscou referências em mais de 30 publicações, entre textos, reportagens e artigos científicos, e em uma dezena de entrevistas de pesquisadores, ativistas ambientais, pescadores, gestores e servidores públicos. O resultado é um livro rico em dados, mapas e informações que demonstram que os Jogos Olímpicos passaram sem deixar aquele que seria seu principal legado: a despoluição da baía. O livro (Mórula Editorial) contou com o apoio da Fundação Heinrich Böll e estará disponível para venda no local.


Dora Hees de Negreiros (1934-2016) - Dora era engenheira química, trabalhou na Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema), onde foi diretora. Na década de 80, participou ativamente do movimento que culminou na criação da Área de Proteção Ambiental de Guapimirim e foi fundadora e presidente do Instituto Baía de Guanabara (IBG).


Após tanto tempo atuando na área governamental ou liderando o IBG, Dora deixou um grande legado para a causa. Tinha a visão que a recuperação da Baía de Guanabara não seria alcançada pela ação exclusivamente governamental, mas viria acima de tudo como uma conquista cidadã.


Elmo da Silva Amador (1943-2010) - Geógrafo, mestre e doutor em ciências pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especialista em geologia marinha pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Elmo se aposentou como professor do Instituto de Geociências - UFRJ e atuou na graduação e pós-graduação dos cursos de geografia e geologia.


Militante declarado em defesa da Baía de Guanabara e de seus mangues, professor Elmo participou ativamente da criação da APA de Guapimirim e inclusão da Baía de Guanabara na Constituição Estadual como Área de Preservação Permanente e de Relevante Interesse Ecológico.


Serviço

Inauguração Sala Verde Dora Negreiros e Mirante Elmo Amador

Data: 14/08 (sexta-feira)

Horário: 10h

Endereço: Rua José Augusto Pereira dos Santos, s/nº (próximo ao Detran)

Bairro: Neves


Foto: Reprodução

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle