Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Rayol promete fazer de Niterói uma "cidade digital"


Antônio Rayol disse que irá buscar investimentos para a cidade junto ao governo federal

O delegado aposentado da Polícia Federal Antônio Rayol, do Podemos, foi o último dos pré-candidatos a prefeito de Niterói ouvido pelo TODA PALAVRA na série de entrevistas realizadas pelo jornal com os postulantes à cadeira do prefeito Rodrigo Neves.

Na entrevista concedida ao editor-chefe do TODA PALAVRA, Luiz Augusto Erthal, Rayol se apresenta como candidato do presidente Jair Bolsonaro (sem partidos) e anuncia que pretende se valer dessa condição para buscar investimentos para Niterói junto ao governo federal. Entre os seus projetos está uma proposta de criação da "cidade digital", a fim de desburocratizar e facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços prestados pela prefeitura por meio de um sistema online disponibilizado ao público.

O pré-candidato do Poemos anunciou que irá a Brasília, junto com o deputado Carlos Jordy (PSL), vice-líder do governo na Câmara Federal, a fim se encontrar com Bolsonaro para buscar apoio a três projetos específicos: criação de um corredor de VLP (veículo leve sobre pneus); um amplo programa de construção de casas populares e implantação de escolas militares na cidade. Jordy, que foi vereador em Niterói, é definido por Rayol como o "grande patrono" da sua candidatura.

Na entrevista, Antonio Rayol defende a política de Bolsonaro de enfrentamento da epidemia de coronavírus, que já causou a morte de mais de 100 mil brasileiros - o Brasil é o segundo país com maior número de vítimas fatais no mundo. Ele também justifica ações como o dossiê criado no âmbito do Ministério da Justiça para investigar agentes de segurança - entre eles vários dos quadros da Polícia Federal - supostamente envolvidos com o Movimento Antifascista. Citando black bloks como exemplo, o delegado aposentado diz que investigações de movimentos sociais por organismos de inteligência são normais.

Rayol ficou conhecido na Polícia Federal por ter efetuado a prisão do marqueteiro do ex-presidente Lula, Duda Mendonça, dentro da Operação Lava Jato. Nas últimas eleições municipais ele foi candidato a vice-prefeito da cidade na chapa encabeçada pelo ex-deputado estadual Felipe Peixoto, também pré-candidato a prefeito nas eleições deste ano pelo PSD.


Assista a entrevista completa:



Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle