Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Rio: taxa de contágio e número de mortes voltam a subir


Calçadão de Copacabana, no último fim de semana, no Rio de Janeiro (Reprodução)

Um estudo feito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostra que a taxa de contágio por Covid-19 voltou a subir na cidade, após a flexibilização das medidas da quarentena que vêm sendo anunciadas pelo prefeito Marcelo Crivella desde o início de junho.

De acordo com o estudo, a primeira semana de junho, quando o prefeito anunciou um plano gradual de reabertura em seis etapas, o avanço da Covid-19 parecia perder força e o risco de contaminação era "moderado", quase "baixo". Alguns dias depois, os riscos voltaram a ser "altos".

Praias cheias, ônibus lotados e ruas tomadas por pessoas sem máscaras e sem respeitar as regras de distanciamento no Rio formaram a paisagem do Rio no último fim de semana. O resultado foi o que os especialistas mais temiam: a taxa de contágio voltou a subir, assim como o número de óbitos. Nesta terça-feira (23), o Estado do Rio ultrapassou os 100 mil casos confirmados da doença. Já a capital bateu a marca de 6 mil mortes.

A última semana foi a segunda pior no estado desde o início da pandemia, tanto em novos casos quanto em óbitos. Foram mais 8,7 mil infectados na capital, o que representa um aumento de 52% em relação à anterior. O total de óbitos também cresceu: 34%, na mesma comparação. Nesta terça-feira, o boletim indicava mais 3,3 mil casos em 24 horas no estado, totalizando 100,8 mil (16% de aumento) e mais 220 óbitos (29%), chegando a 9.153 desde o início da pandemia.

O governador Wilson Witzel também afrouxou as regras.

De acordo com o professor do Instituto de Medicina Social da Uerj, Mario Roberto Dal Poz, ouvido pelo jornal O Globo, esse crescimento dos índices é comparável a “um incêndio mal apagado”.

"É como se o fogo diminuísse um pouco, mas continuasse queimando. Pode voltar a ser um grande incêndio rapidamente", disse Dal Poz, que avalia que os mais pobres deverão ser os mais atingidos em caso de um recrudescimento da doença.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle