Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Rodrigo prevê até 1,5 mil mortes em Niterói sem isolamento social


Equipes fizeram a sanitização hoje em Atalaia, Ititioca, Poço Largo, Granja, Capim Melado, Bumba e Martins Torres

Em apenas seis dias o número de casos confirmados de contaminação pelo coronavírus praticamente dobrou, de 65 para 117 infectados, e as mortes saltaram de uma para cinco em Niterói. Diante dessa escalada, o prefeito Rodrigo Neves fez na noite desta quinta-feira (09/04) um apelo dramático à população para que permaneça em isolamento social e determinou a prorrogação da quarentena até o dia 22 de abril. O descumprimento das medidas de reclusão podem, segundo ele, resultar em até 1.500 mortes na cidade.

“Se não perseverarmos no isolamento social podemos chorar de 750 a 1.500 mortos em Niterói”, enfatizou o prefeito. Chamando atenção para a gravidade da situação, ele previu que, mesmo mantendo uma rigorosa quarentena, haverá entre 5 mil e 10 mil infectados, projetando a perda de 50 a 100 vidas na cidade.

Diante desse quadro, o prefeito também ampliou as restrições de acesso à cidade ao transporte com aplicativos até o dia 18, mantendo a vedação de ingresso de táxis que já valia desde o dia 4. Em contrapartida, reabriu a janela, entre 13 e 22 de abril, para o funcionamento de lojas de material de construção e oficinas mecânicas.

Rodrigo manifestou a sua “certeza da existência de pelo menos dez vezes mais casos de coronavírus em Niterói, no Rio e no Brasil” em função da subnotificação e prometeu para as próximas semanas a realização de 40 mil testagens - das 80 mil compradas pelo município - entre os moradores da cidade, lembrando que o Brasil só realizou até agora 50 mil testes para coronavírus.

Calamidade no Rio


O Brasil chegou ontem a 941 mortos, com quase 18 mil casos confirmados de coronavírus. O Rio de Janeiro, que, assim como São Paulo, está em estágio de propagação descontrolada do vírus, declarou ontem, através do prefeito Marcelo Crivella, estado de calamidade pública porque, segundo informações que Rodrigo disse ter recebido de médicos cariocas, o sistema de saúde da cidade está prestes a entrar em colapso, com falta de leitos para oferecer às próximas pessoas que vierem a procurar atendimento.

Nesta sexta-feira (10/04) será inaugurado o Hospital Oceânico, em Piratininga, que estava fechado e foi arrendado pela prefeitura de Niterói. A unidade, prevista para funcionar com 140 leitos, entrará em operação inicialmente com 40 vagas de UTI. O prefeito alegou dificuldades para compra, principalmente de respiradores, já que os aviões que transportam equipamentos encomendados à China, têm tido a carga na prática sequestrada nas escalas de reabastecimento que realizam nos Estados Unidos e em países da Europa.

Entre os 40 respiradores que equiparão os primeiros leitos a entrar em funcionamento no novo hospital, 15 foram doados a Niterói pelo governo do Estado, segundo Rodrigo. Ele disse que um avião foi fretado pelo município para trazer uma carga de respiradores diretamente da China em vôo direto para o Rio, sem escalas.


Empresa Cidadã


Amanhã também será lançado o programa Empresa Cidadã. Os cadastros dos funcionários começam na segunda-feira (13), às 8h. A Prefeitura pagará, a partir de 4 de maio, um auxílio de R$ 1.045,00, pelos próximos três meses para até nove empregados de empresas, entidades religiosas e sindicais de qualquer porte, com alvará na cidade e que tenham até 19 funcionários. As empresas que aderirem o Programa se comprometerão a não reduzir seu número de funcionários até outubro. Saiba como aderir ao programa: https://fazenda.niteroi.rj.gov.br/…/entenda-o-passo-a-pass…/

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle