Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

TRE torna Crivella inelegível até 2026


Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Fotos Públicas)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro formou maioria para que o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) se torne inelegível até 2026. O julgamento só será finalizado na quinta-feira (24), mas pelos votos apurados pode-se afirmar que Marcelo Crivella não poderá ser candidato à reeleição em 15 de novembro, conforme decisão ainda que parcial do tribunal.

Cinco desembargadores acompanharam o voto do relator Cláudio Dell'Orto a favor da inelegibilidade do prefeito, de seu filho Marcelo Hodge Crivella e do então candidato a deputado Alessandro Costa por um perído de oito anos contados a partir de 2018, mais uma multa de R$ 106 mil. Eram necessários ao menos quatro do total de sete votos. A sessão foi suspensa após o desembargador Vitor Marcelo Aranha pedir vista do processo - mais tempo para poder analisar o caso.

Aranha foi escolhido para o cargo pelo presidente Jair Bolsonaro. Ele fazia parte de uma lista tríplice para membro titular do TRE-RJ e seu nome foi avalizado oficialmente. O desembargador, segundo a revista Crusoé, foi professor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) em um curso preparatório. O filho 01 do presidente se filiou ao partido de Crivella (Republicanos-RJ) neste ano e apoia a candidatura do prefeito à reeleição.

O prefeito ainda poderá recorrer da decisão em instâncias superiores que, nesse caso, são o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atualmente presidido pela ministra Rosa Weber, e o Supremo Tribunal Federal (STF), presidido pelo ministro Luiz Fux, que, em janeiro do ano passado, respondendo como presidente interino do STF, suspendeu as investigações em andamento no Ministério Público do Rio de Janeiro sobre movimentações financeiras que envolviam o senador Flávio Bolsonaro e o ex-assessor da família, Fabrício Queiroz.

Prefeito diz que vai recorrer

Por meio de nota, a assessoria do prefeito diz que "o julgamento ainda não terminou" e que, "após concluído e publicada a decisão, no prazo legal", entrará com recurso.

A ação movida pelo Ministério Público Eleitoral contra o prefeito se refere a abuso de poder político, e diz respeito a um evento com a presença de funcionários da Comlurb em que Marcelo Hodge Crivella foi apresentado como pré-candidato a deputado.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle