Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da Redação

Um terço dos moradores de Niterói fica sem programa eleitoral na TV

Por Mehane Albuquerque


Dos 100.561 usuários de televisão por assinatura em Niterói, pelo menos 30% não poderão assistir ao programa eleitoral gratuito, que começou a ser veiculado nesta sexta-feira, 9, pela Rede TV. Isso porque os assinantes de operadoras com transmissão por satélite não têm acesso à programação local de alguns canais. A SKY — segunda maior operadora em número de assinantes na cidade, instalada em 36.943 residências, de acordo com a Anatel — transmite dados por satélite e não oferece o conteúdo local da emissora.

A cartela azul, com o anúncio de horário reservado pelo TRE, foi a única imagem vista por um terço dos niteroienses

Considerando-se a média de 4 pessoas por moradia, e que Niterói tem pouco mais de 500 mil habitantes, isso significa que aproximadamente 150 mil eleitores (quase 1/3 da população) não terão como acompanhar os programas de seus candidatos pela tevê. Hoje, na estreia, os assinantes da SKY puderam ver apenas uma tela azul fixa com o aviso: "Espaço reservado para propaganda eleitoral gratuita. Lei 9.504/97". A cartela ficou no ar por 10 minutos, tempo que dura o primeiro bloco da propaganda política.


Apesar da crescente preponderância das redes sociais como veículo de comunicação, a televisão ainda é o meio de alcance mais direto e abrangente das propagandas eleitorais. Em tempos de pandemia, quando a campanha nas ruas fica limitada, o espaço na tevê ganha importância. Os mais prejudicados são os candidatos menos conhecidos do grande público, de partidos com menor representatividade e com menos tempo no ar, que perdem a chance de alcançar uma parcela maior de telespectadores.


A Rede TV veicula — até 12 de novembro, quando se encerra a propaganda eleitoral — 2 blocos de 10 minutos com os programas dos candidatos à prefeitura de Niterói. O primeiro bloco vai ao ar das 13h às 13h10m. E o segundo, das 20h30m às 20h40m.


Primeiro dia


Nem todos os seis candidatos com direito a tempo na tevê apresentaram seus programas nesse primeiro dia. Felipe Peixoto (PSD) e Deuler Rocha (PSL) não conseguiram mandar o material em vídeo para a emissora, por um problema na plataforma digital causado possivelmente pelo excesso simultâneo de envios. A falha técnica também foi relatada por candidatos de outros municípios do estado. Segundo a assessoria de Felipe Peixoto, o departamento jurídico da coligação Niterói Primeiro está analisando as medidas cabíveis.


A ordem de exibição dos programas foi definida por sorteio pela Justiça Eleitoral. Juliana Benício, do Novo, foi a primeira e usou os 15 segundos para se apresentar. O bolsonarista Allan Lyra, do PTC, também com 15 segundos, convidou o público para conhecer os projetos da coligação "Aliança por Niterói" através de suas páginas nas redes sociais.


O prefeito Rodrigo Neves apresentou o candidato de seu partido, Axel Grael (PDT), da coligação "União por Niterói", logo no início do programa - o mais extenso, com cerca de cinco minutos de duração. Axel falou que pretende dar continuidade ao trabalho da prefeitura e destacou o EcoSocial, projeto que reúne jovens para atuar no reflorestamento de encostas, além de oferecer incentivos à educação. Com 30 segundos, Flavio Serafini (PSOL), juntamente com a vice, Josiane Peçanha, também usou o espaço neste primeiro dia para se apresentar ao eleitorado.


Danielle Bornia (PSTU), Renata Esteves (PMB) e Tuninho Fares (DC) não ganharam tempo de propaganda na tevê, de acordo com a cláusula de barreira. A reforma eleitoral sancionada em 2017 excluiu do fundo partidário e da propaganda gratuita os partidos que não tiveram, nas últimas eleições para a Câmara Federal, o mínimo de 1,5% dos votos válidos, distribuídos em um terço dos estados, com um mínimo de 1% do eleitorado em cada um deles.









Posts recentes

Ver tudo

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle