Áudios sexistas derrubam candidato de Moro em SP


Deputado estadual Arthur do Val (Podemos), o "Mamãe Falei" (Reprodução)

O deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP), conhecido como "Mamãe Falei", anunciou neste sábado (5) sua desistência de concorrer ao governo do Estado de São Paulo após o escândalo dos áudios sexistas e misóginos, em que disse que mulheres da Ucrânia "são fáceis porque são pobres". Membro do grupo extremista MBL (Movimento Brasil Livre), o parlamentar era o candidato do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) ao governo paulista.

Mamãe Falei viajou para o Leste Europeu sob pretexto de ajudar os refugiados ucranianos e "mostrar a guerra". Mas acabou tendo o áudio exposto, em que fala que voltaria ao país para fazer sexo com as mulheres.

Numa entrevista ao desembarcar no Brasil na manhã deste sábado, o parlamentar disse que foi apenas um "erro em um momento de empolgação" e que “sou homem, sou jovem. Vi um monte de mulheres bonitas sendo simpáticas, talvez porque em São Paulo as mulheres sejam mais inacessíveis".

Algumas horas depois, ele divulgou uma nota com pedido de "desculpas" para anunciar a desistência da disputa ao governo do Estado. Mamãe Falei deve responder também a uma representação no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa, que ao final pode resultar na cassação de seu mandato.

Reação ucraniana e 'turismo sexual'

A comunidade da Ucrânia no Brasil, representada pela Central Ucraniana-Brasileira, encaminhou um ofício ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), Carlão Pignatari (PSDB), pedindo a cassação do mandato do deputado.

"O deputado Arthur do Val revelou-se uma pessoa de índole perigosa para o exercício de funções públicas onde sempre há que se tratar com mulheres em situação de vulnerabilidade", diz o documento da comunidade ucraniana, segundo a Folha de S. Paulo.

Além da cassação do deputado, a entidade pede, ainda, que o presidente da Alesp acione órgãos internacionais para abrir uma investigação sobre turismo sexual. Isso porque, no áudio, Mamãe Falei, após objetificar as mulheres ucranianas, sugere voltar ao leste europeu com objetivos sexuais, se aproveitando da vulnerabilidade das mulheres da região.


300x250px.gif
728x90px.gif