top of page

120 anos: Homem que ateou fogo em mulher e filhos é condenado

A 1ª Promotoria de Justiça junto ao III Tribunal do Júri de Niterói obteve, nesta terça-feira (2/8), a condenação de André Luís Pereira da Silva por atear fogo na casa onde estavam sua ex-companheira, Sirleide Vieira Pereira, seus quatro filhos e genro. O Conselho do Júri acatou a denúncia do Ministério Púbico do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e condenou André Luís a 120 anos de reclusão em regime fechado pelo crime de tentativa por seis homicídios triplamente qualificados (motivo torpe, emprego de fogo e impossibilidade de defesa das vítimas).

Reprodução

O crime aconteceu em 2012 quando André Luís, por não aceitar o término do relacionamento amoroso com Sirleide Pereira, decidiu se vingar dela e dos seus filhos, porque, segundo a denúncia, acreditava que todas as outras vítimas, inclusive seus dois filhos menores de 14 anos na época, apoiavam o fim da relação.


Ainda de acordo com a acusação, os homicídios só não se consumaram porque os vizinhos conseguiram socorrer as vítimas rapidamente e controlar o incêndio no local.


A prova demonstrou ser André Luís um homem violento, agressivo, com diversas passagens na Delegacia da Mulher pela prática de violência física, patrimonial e psicológica contra a ex-companheira e os filhos. Sirleide e dois dos seus filhos tiveram parte dos corpos queimados.


Fonte: MPRJ

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page