Morre suspeito de febre em Maricá


O homem com a suspeita de infecção por febre amarela morreu na manhã de ontem (19), no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro, para onde ele havia sido transferido na última terça-feira (18). José Pereira, era conhecido como “Zezinho” e trabalhou por muitos anos no Colégio Estadual Elisiário Matta, no Centro.

A FioCruz ainda não informou sobre a conclusão dos exames laboratoriais que irão confirmar, ou não, a doença. Eles informaram que receberam um pedido para analizar o caso que poderia ser febre amarela ou leptospirose.

Durante a tarde da última terça-feira, o prefeito Fabiano Horta visitou os pontos de vacinação para garantir que a população tenha acesso as doses. Ele comentou que fará um cordão de isolamento do vírus e que mais doses da vacina deverão chegar ao município.


Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg