728x90_2.gif

Atentado com 2 mortos em Paris


O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque a tiros na Avenida Champs-Élysées, em Paris, que causou ontem (20) a morte de um policial e feriu outros dois. As informações são da Agência EFE.

Em um breve comunicado divulgado na internet pela agência de notícias Amaq, ligada à organização jihadista, os extremistas informaram que o autor dos disparos que mataram o policial foi "um dos combatentes do Estado Islâmico", identificado como "Abu Youssef, o belga".

O comunicado da Amaq, cuja veracidade não chegou a ser comprovada, cita uma "fonte de segurança" jihadista e não dá mais dados sobre o ataque além da localização.

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque a tiros na Avenida Champs-Élysées, em Paris, que causou hoje (20) a morte de um policial e feriu outros dois. As informações são da Agência EFE.

Em um breve comunicado divulgado na internet pela agência de notícias Amaq, ligada à organização jihadista, os extremistas informaram que o autor dos disparos que mataram o policial foi "um dos combatentes do Estado Islâmico", identificado como "Abu Youssef, o belga".

O comunicado da Amaq, cuja veracidade não chegou a ser comprovada, cita uma "fonte de segurança" jihadista e não dá mais dados sobre o ataque além da localização.

#atentadoterrorista #atentadodeparis #estadoislâmico #champsÉlysées #pari

1/3